439kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Neurociência

Arte Contemporânea

Num subúrbio de Londres, o cérebro é obra de arte

Um coletivo de artistas e cientistas pede aos espectadores para fecharem os olhos e sentirem estímulos sonoros e visuais. O Observador visitou a Dreamachine, que promete viajar pelo resto da Europa.
Saúde

E depois de um AVC?

Embora os Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) sejam uma importante causa de mortalidade, em Portugal, são muitos mais os doentes que apresentam defeitos neurológicos na sua sequência.
Espaço

Estudo. Espaço altera estrutura do cérebro

Os resultados revelam alterações microestruturais em vários segmentos da substância branca, como relacionados com funções sensoriomotoras. A substância branca é o canal de comunicação com o cérebro.
Ciência

Estudo mostra como o cérebro aprende movimentos

Estudo descreve como células da camada externa do cérebro— o córtex — enviam sinais para uma área profunda — o estriado — através de um circuito até agora desconhecido.
Neurociência

Paraplégicos voltam a andar com ajuda de implantes

Um grupo de neurocientistas suíços desenvolveu uma tecnologia capaz de devolver o movimento a pessoas com lesões na medula espinhal. Três pessoas com estas lesões conseguiram voltar a andar.
Iniciativas Observador

Como é que os animais se movem?

Esta é a pergunta de João Marques. A resposta, que o investigador da Fundação Champalimaud continua a procurar, pode ajudar-nos a compreender melhor as doenças do movimento... e a programar robots.
Iniciativas Observador

Depressão: no caminho das “estrelas” no cérebro

Na Universidade do Minho, João Filipe Oliveira estuda o papel dos astrócitos, as misteriosas células cerebrais que podem ajudar a identificar alvos terapêuticos mais eficazes para combater a doença.
Ciência

Cientistas investigam ligação entre odor e lugares

Cientistas da Fundação Champalimaud procuraram perceber como os cheiros e lugares coisas estão interligados no cérebro de ratos, que usaram na experiência.
Neurociência

Estudos terapêuticos para Alzheimer distinguidos

Os prémios de 200 mil euros distinguem o estudo do biólogo António Salgado e o estudo da neurofarmacologista Maria José Diógenes, para lesões vertebro-medulares e para doenças neurodegenerativas.
Iniciativas Observador

Cancro da mama: proteger o cérebro das metástases

Um dos órgãos preferidos para a metastização do cancro da mama é o cérebro. No Instituto de Medicina Molecular, Miguel Castanho desenvolve um fármaco para travar esta progressão das células malignas.
Coimbra

Cientistas ajudam a desvendar mecanismo cerebral

A Universidade de Coimbra refere que o estudo fornece "pistas para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas para doenças como autismo, depressão, esquizofrenia ou doença de Alzheimer".
Iniciativas Observador

Stress: combater o mal do século XXI

Dos sintomas às causas, Paulo Pinheiro, investigador da Universidade de Coimbra, tenta desvendar os mecanismos do stress crónico – que aumentou com a pandemia e cujos efeitos são devastadores.
Estudo Científico

Alzheimer atinge diferentes regiões cerebrais

Na investigação, foram usados pela primeira vez dados humanos para quantificar a velocidade dos diferentes processos que conduzem à doença de Alzheimer.
RTP

Série da RTP distinguida com prémio internacional

A URTI considerou a série documental "um importante contributo científico para a compreensão dos mistérios do cérebro humano", em parâmetros como "o que distingue o nosso cérebro do dos animais".
Ciência

Capacidades mentais podem melhorar na velhice

A capacidade de dar atenção a novas informações e de se focar no que é importante pode melhorar em indivíduos mais velhos e funcionar como escudo protetor contra o declínio do cérebro.
Medicina

Hormonas podem aliviar consequências de AVC

Grupo de investigadores descobriu hormonas que podem impedir degradação dos movimentos do corpo após AVC ou lesão cerebral. É uma descoberta com grande importância científica e possivelmente clínica.
Coronavírus

Cérebro. Covid provoca redução da massa cinzenta

Estudo revela que uma das sequelas da Covid-19 é a perda da massa cinzenta no cérebro, nas áreas associadas ao olfato e ao paladar. Memória olfativa emocional é a mais comprometida.
Estranha Natureza

O que têm o cérebro e os testículos em comum?

As proteínas. Mais do que entre quaisquer outros dois tecidos do organismo. Isto pode ter tido um papel na evolução do homem ou até no desenvolvimento de doenças em ambos os órgãos.
Saúde

Tumores benignos do cérebro, tratar ou não tratar?

No Dia Mundial do Tumor Cerebral, é importante dizer que a cirurgia e as restantes técnicas terapêuticas garantem uma elevada taxa de sucesso no tratamento dos tumores benignos.
Ciência

Sistema que permite escrever com o pensamento

Esta tecnologia inédita poderá dar a pessoas paralisadas a capacidade de comunicarem por escrito sem terem que usar as mãos. Foi implantado um sensor no cérebro de uma pessoa paralisada com uma lesão.
Neurociência

Principal teoria para Alzheimer é como "exorcismo"

Descendente de Afonso Henriques, filho de açorianos, passou a infância a caçar animais e a estudar os seus crânios. Agora, George Perry é dos maiores investigadores do Alzheimer. E rema contra a maré.
Resposta Pronta

AVC. "Alguns doentes protelaram ida ao hospital"

No Dia Nacional do Doente com AVC, Pedro Castro, Neurologista no Centro de Neurociências do Hospital CUF Porto, sublinha a importância de diagnóstico e tratamento precoces: "A chave está no tempo".
Projetos Observador

A dança do sistema imunitário e do sistema nervoso

A neuroimunologia estuda as ligações entre dois importantes sistemas do nosso organismo. Na Fundação Champalimaud, Henrique Veiga-Fernandes tenta “escutar as conversas” entre neurónios e linfócitos.
Projetos Observador

Os neurónios das coisas boas e das coisas más

Como é que o cérebro reage perante um estímulo positivo? E se for negativo? Como é que o prazer e a aversão são codificados pelos neurónios? A cientista Ana João Rodrigues está a tentar descobrir.
Projetos Observador

Ela quer ajudar a parar a esclerose múltipla

Cerca de oito mil pessoas sofrem de esclerose múltipla em Portugal. Na Universidade do Minho, a cientista Ana Falcão está a trabalhar para desenvolver novas terapêuticas que ajudem a travar a doença.
Projetos Observador

Esquizofrenia e autismo: onde falha o cérebro?

É uma incógnita da neurociência: como percebemos o mundo? Como funcionam as conexões neurais da percepção sensorial? Na Fundação Champalimaud, Leopoldo Petreanu tenta responder a estas questões.
Projetos Observador

Um café para descobrir onde se oculta a depressão

No Centro de Neurociências e Biologia Celular, em Coimbra, Rodrigo Cunha estuda há anos os benefícios da cafeína. Agora tenta usá-la para descobrir os circuitos neuronais onde se esconde a depressão.
Projetos Observador

Novas terapias para a epilepsia e doenças mentais

A investigadora Ana Luísa Carvalho descobriu uma nova função para uma proteína que pode ajudar a controlar a epilepsia e doenças neuropsiquiátricas – e quer aplicá-la em terapias inovadoras.
Projetos Observador

Nanodiamantes para detetar a Doença de Parkinson

A partir de Braga, a investigadora alemã Jana Nieder está a desenvolver uma tecnologia que utiliza nanosensores de diamantes para diagnosticar a Doença de Parkinson mais cedo.
Projetos Observador

Como o cérebro distingue o que é bom e o que é mau

Na Escola de Medicina da Universidade do Minho, a investigadora Ana João Rodrigues quer desvendar os mecanismos que levam os neurónios a codificar o prazer e aversão.
Projetos Observador

O que é que um neurónio diz a um linfócito?

Não sabemos ainda, mas Henrique Veiga-Fernandes, um dos pioneiros no estudo do sistema neuroimune, está a investigar a forma como os sistemas imunitário e nervoso comunicam numa infeção respiratória.
Convidado Extra

Os cérebros dos homens e das mulheres são iguais?

Usamos só 10% do cérebro? O Sudoku atrasa a demência? Alexandre Castro Caldas, catedrático de Neurologia, e Joana Rato, neuropsicóloga e investigadora, desmontam os mais famosos "Neuromitos".
Wearables

"Fitbit no crânio". Musk mostra implante neural

Nem o atraso de 40 minutos demoveu 100 mil pessoas de ver a novidade: com "três porquinhos", Elon Musk mostrou um implante neural. E faz apelo para lhe enviarem curriculos para o ajudarem a construir.
Elon Musk

Musk promete mostrar protótipo de implante neural

Objetivo: "colocar elétrodos no cérebro humano". A Neuralink, o projeto de Elon Musk, vai revelar a 28 de agosto a primeira versão de um wearable para falarmos de forma mais "simbiótica" com máquinas.
Saúde

Epilepsia para além das crises

Hoje, dia 22 de Julho, Dia Mundial do Cérebro, é importante lembrar que ser epiléptico não é uma tragédia. É uma doença que tem de ser assumida, levada a sério. Pode e deve manter as suas consultas.
Elon Musk

Musk: novidade sobre implantes neurais em agosto

O multimilionário e inventor Elon Musk afirmou no Twitter que vai divulgar a 28 de agosto os progressos que a Neuralink, a sua empresa que quer ligar cérebros a computadores, tem feito.
Empresas

Liderar com o cérebro em mente: 8 dicas urgentes

Devemos agir no sentido de criar, nos círculos pessoal e profissional, um ambiente seguro para expor o nosso problema. Para que doença mental deixe de estar associada à incompetência profissional.
Neurociência

Solidão altera forma como cérebro representa laços

Quando pensam em si, os mais solitários mostram um padrão de atividade cerebral que é mais diferente do de quando pensam nos outros, concluíram duas investigadoras norte-americanas.
Neurociência

Lítio reverte malefícios de radiação no cérebro

Lítio pode reverter os malefícios da radiação no cérebro e melhorar capacidade de memória e aprendizagem, dizem cientistas. Descoberta poderá beneficiar crianças que foram sujeitas a radioterapia.
Neurociência

Relógio biológico avariado pode causar obesidade

O grande relógio biológico no cérebro controla os restantes relógios nas células, incluindo nas do sistema imunitário. Se ficarem descoordenadas, deixam de cumprir funções essenciais no intestino.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.