Meghan Markle venceu a licitação para adiar o julgamento no que diz respeito à ação interposta contra a empresa Associated Newspapers Limited (ANL), que detém o Mail On Sunday e o Mail Online, avança a Sky News. Tal significa que o julgamento marcado para 11 de janeiro de 2021 será adiado para o outono, numa nova data a determinar.

Príncipe Harry processa tabloide britânico por “campanha implacável” contra Meghan

Em causa está o processo interposto pelos duques de Sussex contra o Mail On Sunday após a publicação de parte de uma carta escrita à mão por Meghan Markle e endereçada ao pai, Thomas Markle. A ação judicial ficou conhecida em outubro do ano, com o príncipe Harry a sair em defesa da mulher num longo comunicado: “Existe um custo humano para esta propaganda implacável, especificamente quando é conscientemente falsa e maliciosa, e apesar de termos continuado a pôr uma cara corajosa — como muitos de vocês se podem identificar –, não consigo começar por descrever o quão doloroso tem sido. Porque na era digital de hoje, as fabricações da imprensa são reaproveitadas como verdade em todo o mundo”.

Meghan perde processo contra jornal britânico e desembolsa 75 mil euros

Ainda no mês passado, um tribunal de Londres decidiu a favor do Mail On Sunday, afirmando que este poderia incluir na defesa detalhes que constam numa biografia recentemente publicada. Também agosto, Meghan Markle perdeu a primeira batalha travada com o jornal na justiça, ao ter de pagar 75 mil euros em despesas do processo depois de ter visto rejeitados em tribunal vários pontos da acusação feita ao tabloide britânico.