437kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Na melhor oportunidade da primeira parte, Marega fez mesmo o mais difícil: acertou no poste

Este artigo tem mais de 1 ano

O avançado maliano teve nos pés a oportunidade de abrir o marcador, já nos instantes finais da primeira parte, mas acertou no poste. Antes, Corona e Pedro Gonçalves também tinham assustado.

Marega ia aproveitando um corte de Coates para abrir o marcador
i

Marega ia aproveitando um corte de Coates para abrir o marcador

LUSA

Marega ia aproveitando um corte de Coates para abrir o marcador

LUSA

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Sporting até estava a viver o melhor período na partida, depois de oportunidades de Pedro Gonçalves e Nuno Santos, mas depressa foi surpreendido por um remate de João Mário que poderia ter dado golo de Marega — e onde o avançado maliano fez mesmo o mais difícil.

O jovem português apareceu na direita da grande área, tirou Antunes da frente com uma finta e rematou cruzado. Coates, quase em simultâneo com Adán, fez um corte para trás e colocou a bola certinha nos pés de Marega, que estava sozinho em frente à baliza. O avançado, porém, só conseguiu acertar no poste (41′).

A ocasião de Marega foi mesmo a maior e também a última da primeira parte. Antes, Grujic já tinha cabeceado para defesa de Adán (11′) e Corona já tinha rematado por cima (20′) do lado dos dragões, enquanto que Pedro Gonçalves também tinha atirado por cima da trave (34′) e Nuno Santos tinha perdido o duelo com Diogo Costa do lado dos leões (37′).

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.