502kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

O calendário para desconfinar em quatro fases

Este artigo tem mais de 1 ano

Governo diz que será um desconfinamento "a conta gotas". Plano começa na segunda-feira e termina a 5 de maio. Veja aqui o que passa a poder fazer em cada fase.

i

Observador/Infogram

Observador/Infogram

O plano apresentado por António Costa estende o desconfinamento ao longo de seis semanas. São, no total, quatro fases de relaxamento de medidas. A primeira é posta em prática já a partir da próxima segunda-feira, com a reabertura das creches e do 1.º ciclo, por exemplo.

O calendário seguirá depois, mas com um aviso: se a pandemia se descontrolar novamente, o país (ou alguns concelhos específicos) não avança para a fase seguinte. No limite, numa situação mais grave, pode mesmo ter de voltar às fases anteriores.

Neste calendário encontra todas as fases do desconfinamento e o que passa a poder fazer em cada uma delas.

Regras gerais

Teletrabalho, sempre que possível;

Horários de funcionamento: 21h durante a semana; 13h ao fim-de-semana e feriados ou 19h para retalho alimentar;

Proibição de venda de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos de comércio a retalho, incluindo supermercados e hipermercados e em take-away das 20h00 às 6h00;

Proibição de circulação entre concelhos entre 20 e 21 de março; e de 26 de março a 5 de abril.

Primeira fase

15 de março a 04 de abril

Creches, pré-escolar e 1º ciclo (e ATLs para as mesmas idades);

Comércio ao postigo;

Cabeleireiros, manicures e similares;

Livrarias, comércio automóvel e mediação imobiliária;

Bibliotecas e arquivos;

Restaurantes e similares podem disponibilizar bebidas em take-away;

 Proibição de venda de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos de comércio a retalho, incluindo supermercados e hipermercados e em take-away (a partir das 20h) é aplicável até às 06h;

Permitidas as deslocações para fora do território continental, efetuadas por qualquer via: rodoviária, ferroviária, aérea, fluvial ou marítima.

Segunda fase

05 de abril a 18 de abril

2º e 3º ciclos (e ATLs para as mesmas idades);

Equipamentossociaisnaárea da deficiência;

Museus,monumentos,palácios, galerias de arte e similares;

Lojas até 200 m2 com porta para a rua;

Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal);

Esplanadas (máximo de 4 pessoas);

Modalidades desportivas de baixo risco;

Atividade física ao ar livre até 4 pessoas e ginásios sem aulas de grupo.

Terceira fase

19 de abril a 02 de maio

Ensino secundário;

Ensino superior;

Cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos;

Lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação;

Todas as lojas e centros comerciais;

Restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de 4 pessoas no interior ou 6 em esplanadas) até às 22h ou 13h ao fim de semana e feriados;

Modalidades desportivas de médio risco;

Atividade física ao ar livre até 6 pessoas e ginásios sem aulas de grupo;

Eventos exteriores com diminuição de lotação;

Casamentos e batizados com 25% de lotação.

Quarta fase

A partir de 03 de maio

Restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de 6 pessoas ou 10 em esplanadas) sem limite de horário;

Todas as modalidades desportivas;

Atividade física ao ar livre e ginásios;

Grandes eventos exteriores e eventos interiores com diminuição de lotação;

Casamentos e batizados com 50% de lotação.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.