Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A organização do festival de música NOS Primavera Sound, uma versão nacional do festival congénere de Barcelona, revelou esta quarta-feira o cartaz da próxima edição do festival de verão. A edição chegou a estar agendada para 2020, tendo posteriormente sido adiada para 2021 e, mais recentemente, passada para os dias 9 a 11 de junho de 2022.

O cartaz inclui cabeças de cartaz como a banda Tame Impala e o grupo Nick Cave & The Bad Seeds, no primeiro dia de concertos (9 de junho), os regressados Pavement e o cantor, músico e compositor Beck, no segundo (10) e o grupo Gorillaz, a fechar (dia 11).

Estão ainda programados concertos de King Krule, C. Tangana, Khruangbin, Dinosaur Jr., Little Simz, Earl Sweatshirt, Slowdive, Cigarettes After Sex, Mura Masa, Kim Gordon, Arnaldo Antunes, Sky Ferreira, Diiv, Black Midi, Jamila Woods e Helado Negro, entre outros.

David Bruno, Nídia, Pedro Mafama, Throes + The Shine, Rita Vian, DJ Firmeza e Montanhas Azuis são alguns dos nomes nacionais do cartaz. A organização promete, no entanto, que ainda há “mais artistas a confirmar”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O festival NOS Primavera Sound foi um dos que já ficou sem efeito este ano, devido à pandemia da Covid-19 e ao seu impacto quer nas medidas de contenção ainda em vigor, quer na circulação de artistas internacionais por vários países, em digressões.

Entre os outros festivais adiados para 2022 contam-se eventos como o Rock In Rio Lisboa, NOS Alive, Super Bock Super Rock e Rolling Loud Portugal. Festivais como Sumol Summer Fest, MEO Sudoeste e Vodafone Paredes de Coura não foram ainda adiados para 2022, continuando pelo menos por agora em agenda para este verão.