Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A ilha da Madeira foi o local escolhido para as celebrações do Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas. Dezenas de convidados estiveram na tribuna e centenas de pessoas a assistir à cerimónia, que contrastou com o evento do ano anterior em que, nos Claustros do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, estiveram apenas oito pessoas — dois oradores e seis convidados.

Cerimónia do Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas em 2020. JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

No fim da cerimónia oficial, Marcelo Rebelo de Sousa percorreu a pé cerca de 350 metros, um percurso que demorou cerca de uma hora. As centenas de pessoas que assistiram às cerimónias oficiais esperaram que as celebrações terminassem nos passeios, quiseram cumprimentar Marcelo e tirar as já habituais selfies.

Veja as melhores imagens da cerimónia de comemoração do 10 de Junho.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR