Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

As montras são, normalmente, janelas para quem passa no exterior ter um aperitivo do que se passa no interior da loja. Mas, no Natal, as dos grandes armazéns, habitual destino de compras de luxo, ganham uma importância especial e abrem a porta a mundos mágicos e de fantasia. A época festiva permite dar rédea solta à imaginação e, sob diferentes temas, inspirações e até parcerias com marcas, o resultado são montras que deixam miúdos e graúdos de nariz colado ao vidro.

Em Londres, o tom natalício é dado por moradas famosas como Harrods, Harvey Nichols, Selfridges ou espaços tradicionais como a Fortnum & Mason. O tema do Natal Harrods este ano é Witness a Spectacle e dá o mote a uma série de experiências para toda a família. Nas montras está montada uma mesa de jantar que atravessa as janelas e assume diferentes cores e inspirações, decorada com peças de diferentes marcas de beleza e acessórios. Cada montra tem um QR Code através do qual os visitantes podem ver estas peças ganharem vida. Nos Harvey Nichols, as montras enchem-se de painéis de vidro muito coloridos e cheios de luz como cenário para uma série de peças como sugestões de presente de Natal. Cada montra aposta numa cor para provocar diferentes emoções: o amarelo gera uma sensação de energia, o laranja chama a atenção com uma energia positiva e o azul transmite tranquilidade. Já as montras da Fortnum & Mason, em Picadilly Street, reservam um verdadeiro banquete em tamanho gigante.

Em Nova Iorque, armazéns como os Bergdorf Goodman, Saks Fifth Avenue, Macy’s ou Bloomingales, fazem das suas montras de Natal um acontecimento da época festiva. Nos Saks Fifth Avenue a inauguração contou com a presença de Michelle Obama, uma vez que marcou também o início de uma campanha especial durante esta época festiva que apoia a Obama Foundation’s Girls Opportunity Alliance. A parceria foi a inspiração das montras e o tema das seis janelas na famosa 5ª Avenida foi o restabelecer de ligações com a família e outras pessoas de quem se gosta. Mas nos Saks o espetáculo não fica dentro das montras e toda a fachada do edifício se ilumina com a ajuda de 700 mil luzes led. Nos Macy’s, o tema é a importância de acreditar e as montras na Broadway contam a história da rena Tiptoe (que significa ponta do pé), que se quer juntar à equipa do Pai Natal para distribuir magia. Nos Bloomingdales o tema desta campanha natalícia é “Give Happy” e mistura nostalgia com modernidade. Cada montra é uma explosão de cor e tem uma cena protagonizada por manequins.

Em Paris é no Boulevard Haussman que os armazéns Printemps e Lafayette têm morada e apostam em tornar as suas montras uma atração para os parisienses e para os turistas que visitam a cidade. Nos Printemps, depois de 650 horas de trabalho e três semanas de montagem, as montras revelaram “A maravilhosa oficina dos elfos”, todos eles em movimento, atarefados com a respetiva missão de Natal, seja o correio, a comida ou os brinquedos. Nos Lafayette o Pai Natal é o grande protagonista. No interior, a majestosa cúpula colorida é o cenário tradicional para uma gigantesca árvore suspensa que, este ano, está acompanhada de uma Pai Natal, também de grandes proporções. Na margem esquerda do Sena, o Bon Marché apostou nos tradicionais biscoitos de gengibre, mas em tamanho gigante, para dar as boas vindas aos seus visitantes.

Nada como correr a galeria em cima para viajar sem sair do lugar pelas montras deste ano.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR