Aline de Beuvink, deputada municipal do PPM na Câmara Municipal de Lisboa, publicou no Facebook a fotografia de uma cartaz de promoção ao Festival Estoril-Lisboa. Em letras brancas vê-se parte da programação do festival (que se prolonga até 18 de dezembro), mas o que saltou à vista de Beuvink foi a imagem escolhida como fundo do cartaz: parte da estrutura metálica e avermelhada de uma ponte rodoviária. “Quando a Câmara de Lisboa contribui financeiramente para divulgar um festival extremamente importante mas que faz publicidade à… ponte de S. Francisco”, escreve a deputada municipal.

Quando a Câmara de Lisboa contribui financeiramente para divulgar um festival extremamente importante mas que faz…

Posted by Aline Gallasch-Hall de Beuvink on Tuesday, July 13, 2021

Ponto prévio: é verdade que a Câmara Municipal de Lisboa financia o festival, que tem um custo total estimado de 220 mil euros e que apresenta como financiadores, além da autarquia, a Direção-geral das Artes e o Ministério da Cultura. O evento vai na sua 47ª edição e os espetáculos de música clássica que promove dividem-se entre a cidade de Lisboa e a zona do Estoril, no concelho de Cascais.

Mas o ponto central é outro: na publicidade ao festival, confundiu-se a ponte 25 de abril com a Golden Gate, em S. Francisco, nos EUA?

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A resposta é dada pela própria organização do evento. “A imagem não está correta e já mandámos retirar os 30 cartazes em que ela constava”, diz ao Observador Rita Marques, membro da organização do Festival Estoril-Lisboa. O erro foi detetado por um outro membro da organização e a substituição começou a ser feita entre terça e quarta-feira. A explicação para a troca de uma estrutura pela outra também é dada pela organização: “Fiz uma pesquisa no Google e não reparei que era uma ponte e não a outra”, acrescenta Rita Marques.

Perspetiva de uma das torres principais da ponte 25 de Abril

As duas pontes têm elementos em comum — sobretudo, a cor avermelhada muito semelhante, principal fator para que sejam confundidas, além de serem ambas pontes suspensas. Mas há outros elementos que, à primeira vista, podem ajudar a perceber para qual das pontes se está a olhar a cada momento.

Fotografia da Golden Gate, em S. Francisco

Desde logo, a estrutura das colunas principais da ponte. No caso da 25 de Abril, essa estrutura é composta por um esquema de braços cruzados ao longe da coluna e até ao topo. Na Golden Gate, por outro lado — e como se vê na imagem —, essa estrutura assemelha-se mais a uma série de quadrados sobrepostos.

Conclusão

Uma pesquisa por imagens da ponte 25 de Abril no Google deu origem a um cartaz de promoção do Festival Estoril-Lisboa com a fotografia da Golden Gate. A publicação que faz essa alegação está correta, não houve qualquer manipulação de imagens e a própria organização do evento confirma ao Observador que, depois de o erro ter sido detetado, os 30 cartazes espalhados pelas duas zonas (Estoril e Lisboa) já foram retiradas.

Assim, segundo a escala de classificação do Observador, este conteúdo está:

CERTO

No sistema de classificação do Facebook, este conteúdo é:

VERDADEIRO: conteúdos que não contenham informações incorretas ou enganosas.

IFCN Badge