Logo Observador
Economia

Atividade económica e consumo privado aumentam em dezembro

Dados do Banco de Portugal revelam que a atividade económica e o consumo privado aumentaram 0,8% e 2,2%, respetivamente, em dezembro.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico

NUNO ANDRE FERREIRA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

A atividade económica aumentou em dezembro de 2016 pelo terceiro mês consecutivo, tendo o consumo privado registado também uma evolução positiva, de acordo com os indicadores coincidentes divulgados, esta sexta-feira, pelo Banco de Portugal (BdP). Segundo os dados do BdP, o indicador coincidente mensal para a atividade económica fixou-se nos 0,8% em dezembro, depois dos 0,7% de novembro e dos 0,6% de outubro, sendo que, ao longo do terceiro trimestre de 2016, se tinha mantido estável nos 0,5%.

Já o indicador coincidente mensal para o consumo privado subiu para os 2,2% em dezembro, depois de se ter fixado nos 2,1% nos dois meses anteriores.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Media

A política improvisada

Pedro Correia Gonçalves

Os políticos não podem aparecer todos os dias nos telejornais a fazer declarações repentinas sobre um qualquer assunto do dia sempre que saiam do carro ou entrem num edifício. Não é essa a sua função.

Democracia

Na terra do la la

Paulo de Almeida Sande

Brexit, Trump, Wilders, Le Pen, o fim do euro, do comércio global, da imprensa livre, são todas, embora distintas, faces da moeda cujo principal valor consiste na criação de um mundo novo autoritário.