Logo Observador
Fogo de Pedrógão Grande

O “inferno” de Pedrógão Grande em 32 capas de jornal

377

De Espanha aos Estados Unidos, do Irão à África do Sul, do Brasil a El Salvador. E Portugal, claro. O incêndio de Pedrógão Grande está nas primeiras páginas de jornais em todo o mundo.

O desportivo espanhol Marca presta homenagem às vitimas do incêndio de Pedrógão Grande no próprio nome, o salvadorenho El Diario de Hoy cita os sobreviventes, o The New York Times publica uma imagem da devastação na Nacional 236.

A imprensa internacional, que continua a acompanhar a situação nas edições online, não ficou indiferente ao incêndio que custou a vida a mais de 60 pessoas este fim de semana em Portugal. Os jornais britânicos foram os únicos a não tratar o assunto, pelo menos nas respetivas primeiras páginas: o fogo que vitimou 58 e destruiu um edifício habitacional na zona noroeste de Londres na madrugada da passada quarta-feira continua a preencher as capas.

Os jornais portugueses estão de luto.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: tpereirinha@observador.pt
Fogo de Pedrógão Grande

Morrer entre brutos é triste

Alberto Gonçalves
4.341

Portugal não cede à baixa política, leia-se permite a impunidade geral. Portugal, repete-se, é uma nação muito forte, leia-se um recreio de oportunistas, desnorteados ao primeiro assomo da realidade.

Igreja Católica

O diabo existe… graças a Deus!

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
296

As nossas representações do diabo são ‘figuras simbólicas’, mas não o próprio demónio, cuja realidade e actuação são verdades de fé reveladas na Bíblia.