Uma mulher ficou ferida esta tarde na sequência de uma explosão de um prédio em Chelas. A vítima é uma idosa de 90 anos que ficou com queimaduras em 68% do corpo, nomeadamente na face, braços e na região torácica, avançou ao Observador uma fonte do INEM. A idosa foi imediatamente levada para o Hospital de S.José com acompanhamento.

Uma leitora do Observador enviou uma fotografia do local.

cropped-IMG_3306

Fotografia enviada por Telma Ferreira

A explosão, que ocorreu no antigo edifício do Museu Militar, levou ao desabamento da cobertura e gerou um incêndio, que foi controlado pouco depois, avança a TSF. Uma fonte policial avançou à Agência Lusa que a explosão ocorreu às 17 horas e resultou de uma fuga de gás.

Uma fonte policial disse à Agência Lusa que a explosão ocorreu por volta das 17 horas e que terá tido origem numa fuga de gás. O comandante dos Bombeiros do Beato, Mário Ribeiro, afirmou à Lusa que o incêndio que resultou da explosão foi extinto às 18h30 e que foram mobilizados para o local seis veículos dos Bombeiros do Beato, quatro veículos dos Sapadores Bombeiros de Lisboa, um autotanque dos Bombeiros Voluntários Lisboa e duas viaturas do INEM.

Uma fonte da Proteção Civil municipal disse à Lusa que dezassete adultos e quatro crianças ficaram desalojados na sequência do incidente.