Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O compositor Rodrigo Leão vai ser distinguido pela American Society of Composers, Authors and Publishers (ASCAP), esta quarta-feira, com o American Film and Television Award, divulgou a Uguru, promotora do músico.

O prémio deve-se ao “reconhecimento pela composição da banda sonora do filme ‘O Mordomo’, do realizador norte-americano Lee Daniels”, informou a Uguru, na sua página. A banda sonora que Rodrigo Leão compôs para o filme, que se estreou nos cinemas em 2013, também lhe valeu a entrada na lista de pré-nomeados aos Óscares, mas não chegou às nomeações finais.

Rodrigo Leão também tem merecido o reconhecimento nacional. A 10 de Junho, dia de Portugal, o Presidente da República, Cavaco Silva, distinguiu o músico e compositor com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Além de ter composto a banda sonora do filme “O Mordomo”, protagonizado por Forest Whitaker, Oprah Winfrey e John Cusack, em 2013 Rodrigo Leão contribuiu, também, para o sucesso de bilheteira “A Gaiola Dourada” e para o filme angolano “Njinga, Rainha de Angola”.

A ASCAP é a equivalente à Sociedade Portuguesa de Autores e a entrega de prémios decorre esta quarta-feira, em Los Angeles, confirmou a ASCAP ao Observador. O prémio insere-se na categoria “Top Box Office Films”, onde estão os filmes com maior sucesso de bilheteira, como foi o caso de “O Mordomo”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR