O anúncio da presença dos The Vicious Five, Ginger & The Ghost, Filho da Mãe, Norberto Lobo, La Flama Blanca e CVLT, esta sexta-feira, encerrou o cartaz de 2014 do festival Milhões de Festa, que regressa ao Parque Fluvial de Barcelos entre 24 e 27 de julho.

A um mês do início da 7ª edição o cartaz musical fica completo, mas o Milhões de Festa atrai os festivaleiros também pelo bom ambiente, pelo campismo e pela piscina, onde é possível estar dentro de água e ver concertos ao mesmo tempo . Foram estes fatores que contribuíram para que o resto do país que fica a sul da região do Porto começasse a ouvir falar deste pequeno evento, que nas duas primeiras edições se realizou no bar Uptown, na baixa do Porto, e depois no Censura Prévia, em Braga.

Chelsea Wolfe, High on Fire e Earthless são alguns dos destaques de um festival que pretende começar este ano a captar visitantes estrangeiros. Em declarações à agência Lusa, o organizador Joaquim Durães, da Lovers & Lollypops, disse que o objetivo é estabelecer um nível de público entre os 3.000 participantes diários, atingidos em 2013, e os 5.000.

Para que tal aconteça, a organização pretende apostar na “procura internacional”, que vá além dos já presentes galegos e os “pontuais” festivaleiros provenientes do norte da Europa, através de parcerias como as que vão ter este ano com curadorias internacionais da londrina Baba Yaga’s Hut ou das espanholas Monkey Week e Matapadre.

Criado em 2006, o Milhões de Festa, explicou Joaquim Durães, passou de ser o festival que se realizava no rio Cávado para algo “indissociável da cidade”, que sente de imediato a chegada de pessoas de fora, tendo havido uma redução dos “anticorpos” ao evento.

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, recentemente, a renovação do protocolo para a realização do evento entre 2014 e 2017, que custará aos cofres do município até 72.500 euros anuais.

Até 30 de junho, o bilhete diário custa 25 euros e o passe geral custa 50 euros, com campismo incluído. A partir do dia 1 de julho, os preços dos bilhetes fixam-se nos 60 euros no caso dos gerais, e nos 30 euros os diários. O programa completo pode ser consultado aqui.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR