Há quem já tenha optado por se libertar das roupas durante a noite. Mas há também quem tenha pudor a dormir sem qualquer peça vestida. Para o/a ajudar a decidir, reunimos seis benefícios da prática.

1. A sua auto-estima vai aumentar. Dormir nu pode ajudar a sentir-se confortável com o seu corpo e a desvalorizar as imperfeições que, habitualmente, tenta esconder com o pijama e com a roupa do dia-a-dia. O corpo deve ser aceite de uma forma natural. E quando estamos confortáveis com o nosso corpo, sentimo-nos mais felizes e atraentes, certo?

2. A pele agradece. No que toca à maquilhagem, há uma regra de ouro ditada infinitas vezes pelos dermatologistas: limpar sempre a pele antes de dormir. E porquê? Porque a noite é a altura em que a pele se recompõe das agressões diurnas e inicia o processo de renovação celular. Para deixar a pele respirar, dormir nu ajuda. É a única altura do dia em que o corpo está totalmente liberto das fibras das roupas.

3. E se o corpo fica liberto das fibras das peças, a circulação do sangue também ganha. Os elásticos das cuecas, a armação do soutien, as calças justas e as camisas apertadas prejudicam o fluxo sanguíneo. Durante as horas de sono, a sensação de liberdade corporal será total.

4. A relação com o/a parceiro/a vai melhorar. A roupa é uma barreira entre os corpos. Quando não há qualquer peça a separar, o toque é quase inevitável. Os sentidos estão mais despertos e a intimidade intensifica-se.

5. Se, até agora, nenhuma destas razões a/o deixou convencida/o, acredite na explicação hormonal. Quando dois corpos se tocam, liberta-se oxitocina – uma hormona produzida pelo hipotálamo que tem várias funções. Eis algumas: reduz a pressão arterial, o stresse e é parcialmente responsável pelo orgasmo. Com o contacto que se pode estabelecer, a oxitocina pode ajudar a acordar mais feliz, pronto/a para um excelente dia de trabalho.

6. Por último, uma razão económica e prática. Se não dormir vestido, não precisa de comprar pijamas. Logo, terá menos roupa para lavar e mais tempo e dinheiro para aproveitar com outras coisas. Já ponderou bem?