Era apontada como a meia-final mais forte daí que a tarefa era considerada complicada, mas Portugal conseguiu. Qualificou-se hoje pela primeira vez para uma final de K4 1.000 em campeonatos do Mundo de canoagem, em Moscovo, graças a Fernando Pimenta, Emanuel Silva, João Ribeiro e David Fernandes.

Sob condições atmosféricas adversas, com vento forte, o quarteto luso esteve sempre no trio da frente e na parte final ultrapassou a concorrência para se impor em 2.52,714 minutos. O quarteto luso, medalha de bronze nos Europeus, entrou para a história da canoagem portuguesa, alcançando um feito nunca antes conseguido.

A mais de meio segundo ficou a Sérvia, seguida da Eslováquia, vice-campeã da Europa: a campeã olímpica Austrália ficou de fora, no quinto lugar, a quase dois segundos.

Uma hora antes Teresa Portela já tinha deixado marca nos Mundiais de Moscovo, ao, em K1 500, se ter qualificado para a final,  As duas finais realizam-se no domingo.

Hoje principiam as provas de 200 metros, com as eliminatórias em que participam Teresa Portela em K1 e Hélder Silva em C1.