Os portugueses Fernando Pimenta, em K1 1.000 metros, e Emanuel Silva e João Ribeiro, em K2 1.000, venceram as finais B dos Mundiais de canoagem, em Moscovo, enquanto o K4 500 feminino foi terceiro em idêntica fase.

Fernando Pimenta concluiu a prova de K1 1.000 metros em 3.26,290 minutos, deixando a mais de dois segundos e meio o polaco Rafal Rosolski (3.28,608), que liderou até meio da prova.

Os campeões da Europa e do Mundo em K2 500 metros, Emanuel Silva e João Ribeiro, competiram em K2 1000 metros [distância olímpica], conseguiram andar sempre entre os primeiros e acabaram por se impor na parte final aos franceses Arnaud Hybois e Etienne Hubert, vice-campeões continentais.

Os lusos concluíram a prova em 3.09,942 minutos, deixando os gauleses a 0,708 segundos, com a Espanha (Victor Rodriguez e Diego Noriega) a surgir logo a seguir.

Desta forma, Emanuel Silva e João Ribeiro e Fernando Pimenta asseguraram os 10.ºs lugares nas classificações gerais de K2 e K1 1.000 metros, respetivamente, antes de, no domingo, se juntarem a David Fernandes na final de K4 1.000, na estreia desta tripulação portuguesa em Mundiais.

Em K4 500 metros, Joana Vasconcelos, Maria Cabrita, Beatriz Gomes e Helena Rodrigues passaram na frente a meio percurso, mas não resistiram à forte reação da formação canadiana (Genevieve Beauchesne-Sevigny, Kathleen Fraser, Emilie Fournel e Hanna Vaughan), tendo ainda sido ultrapassadas, na parte final, pela equipa sueca (Linnea Stensils, Karin Johansson, Moa Wikberg e Klara Andersson).

As portuguesas concluíram a prova em 1.34,049 minutos, a menos de três décimas de segundo da equipa sueca (1.33,773) e a pouco mais de um segundo da formação canadiana (1.32,887).

Ainda hoje, Teresa Portela, em K1 200 metros, e Hélder Silva, em C1 200 metros, vão tentar apurar-se para as finais dos Mundiais, numa distância em que conquistaram as medalhas de bronze nos Europeus, em julho. Na altura, Teresa Portela ainda foi segunda classificada em K1 500 metros, para cuja final já se qualificou na sexta-feira.