O Banco Espírito Santo (BES) contratou a FIG Partners para assessorar a venda ou reestruturação da sua unidade de Miami, o Espírito Santo Bank Miami.

Em comunicado enviado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o BES diz que “foi contratada a empresa FIG Partners LLC como consultora financeira no âmbito da avaliação e estruturação de potencial transação para alienação, fusão ou reorganização do Espirito Santo Bank, Miami, Florida”.

Após da criação do Novo Banco, os depósitos e créditos da instituição passaram para o Novo Banco e a participação no ES Bank Miami para o BES.

A unidade de Miami foi notícia várias vezes pelos piores motivos. Recentemente foi ligado à investigação que terá levado à acusação da justiça portuguesa a Ricardo Salgado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mas no passado, o ES Bank Miami já tinha sido notícia por ter ajudado a esconder dinheiro do antigo ditador chileno Augusto Pinochet.

Uma investigação do Senado norte-americano concluiu que Pinochet usou 125 contas bancárias em bancos norte-americanos, muitos delas em Miami, para esconder dinheiro. Pinochet terá usado vários nomes falsos, membros da sua família e até membros do exército do Chile para esconder a sua identidade dos reguladores bancários.

Para além da unidade do BES em Miami, foram implicados no esquema alguns dos maiores banco do mundo, como o Citigroup, o Bank of America e o Royal Bank of Scotland