O Tribunal de Guimarães aplicou prisão preventiva ao jovem detido pela PSP por ser o principal suspeito das agressões com arma branca a dois adeptos do Sporting, na noite de sexta-feira, naquela cidade, informou fonte policial.

Após o interrogatório judicial, que decorreu durante a tarde e noite de terça-feira, o arguido foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Braga.

As agressões aconteceram após o jogo de futebol entre o Vitória de Guimarães e o Sporting Clube de Portugal.

Segundo a PSP, o detido é um cidadão português, residente em Guimarães, com 20 anos de idade e “não pertence a qualquer grupo organizado de adeptos”. Já estava referenciado pela PSP por outras práticas delituosas. Na altura da detenção, a PSP apreendeu a arma branca usada nos confrontos e “já referenciou outros cidadãos envolvidos naquele episódio”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Um dos dois adeptos do Sporting, ferido com gravidade nas costas, continua em observação no hospital de Guimarães. O homem, de 37 anos, sofreu um “traumatismo torácico”. O segundo adepto, de 21 anos, sofreu ferimentos ligeiros e teve alta da mesma unidade hospitalar na sexta-feira.

O Vitória de Guimarães venceu o Sporting por 3-0, em jogo da nona jornada da I Liga de futebol.