Com o ano quase a acabar, mostramos os vestidos que mais fizeram furor nos últimos doze meses, à semelhança do que fez a Harper’s Bazaar. Desde o vestido praticamente transparente da cantora Rihanna, com 216 mil cristais Swarovski, ao icónico Oscar de la Renta que a atriz Sarah Jessica Parker usou em maio. Mas há outros nomes (e estilos) que merecem ser mencionados, como o de Julia Roberts — aos 47 anos arriscou e surpreendeu meio mundo quando desfilou na passadeira vermelha na 66º edição dos Emmy com um curto, muito curto, Elie Saab Couture.

E se tanto Emma Watson como Lupita Nyong’o estavam, em agosto, na lista da Vanity Fair das pessoas mais bem vestidas, o feito repete-se no final do ano, muito por causa do Ralph Lauren de Lupita e do Dior de Watson, ambos estreados nos Globos de Ouro.

O estilo não se mede, cobiça-se. Também a revista People quis conceber um pódio do bom gosto e elegeu as 11 estrelas que impressionaram o público em geral pelas roupas usadas em ocasiões formais e informais. A encabeçar as propostas está a cantora Taylor Swift (que está a ter um ano em grande), Blake Lively e ainda Diane Kruger, atriz que escolhe o seu próprio guarda-roupa.