Cinco tchechenos suspeitos de planear um ataque foram presos na noite de segunda-feira em Béziers e Saint-Jean-de-Vedas, no sul de França, escreve o jornal Figaro, citando o procurador do município de Hérault, Yvon Calvet, que não adiantou um possível alvo, nem uma possível localização para o atentado. O mesmo jornal escreve que os suspeitos têm entre 24 e 37 anos e estão sob custódia.

Segundo o jornal regional Midi Libre, um dos suspeitos já era alvo da vigilância das forças de segurança, depois de se ter envolvido numa explosão que ocorreu na cidade universitária de Montpellier, no dia 12 de novembro de 2008, fazendo seis feridos.