O piloto francês Romain Grosjean (Lotus) foi neste sábado penalizado em dois lugares na grelha de partida para o Grande Prémio da Malásia, segunda prova do Mundial de Fórmula 1, enquanto os dois carros da Marussia-Ferrari foram repescados. A direção da corrida, que se realiza no domingo, no circuito de Sepang, considerou que Grosjean, autor do oitavo melhor tempo durante a terceira sessão de qualificação, efetuou uma manobra ilegal na via das boxes no início da segunda sessão, e relegou o francês para o 10.º lugar.

A equipa de comissários decidiu também que o espanhol Roberto Merhi e o britânico Will Stevens fossem autorizados a participar na corrida, apesar de terem ficado fora do limite regulamentar de 107% do melhor tempo, estabelecido pelo britânico Lewis Hamilton.

Merhi falhou por muito pouco essa marca, mas Stevens nem sequer saiu das ‘boxes’ durante toda a sessão de qualificação, devido a problemas no Marussia-Ferrari da escuderia Manor, que se prepara para disputar pela primeira vez uma corrida da categoria rainha do desporto automóvel.