Quatro concelhos do distrito de Faro apresentam esta terça-feira um risco muito elevado de incêndio, de acordo com informação disponível na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na internet.

Segundo o IPMA, os concelhos de Alcoutim, Loulé, Silves e Monchique, no distrito de Faro, apresentam risco muito elevado de incêndio. O IPMA colocou ainda em risco elevado de incêndio vários concelhos dos distritos de Faro, Évora, Beja, Setúbal, Coimbra, Viseu, Guarda e Santarém.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo. O cálculo é feito com base nos valores observados às 13h00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou na segunda-feira 40 incêndios que foram combatidos por 338 operacionais, com o apoio de 105 veículos. Na segunda-feira, a ANPC alertou para o risco de incêndio florestal e avisou a população para as medidas preventivas a adotar devido ao tempo quente, que poderá atingir os 40 graus nas regiões do interior sul.

O IPMA colocou os distritos de Portalegre, Évora e Beja sob aviso amarelo desde as 5h de terça-feira e até às 23h59 de quarta-feira, devido à persistência de valores elevados das temperaturas máximas.