Pelo menos seis pessoas morreram e outras 65 ficaram feridas no descarrilamento de um comboio em Filadélfia, Estados Unidos, na terça-feira à noite, revelou o presidente do município Michael Nutter.

O comboio que descarrilou é um Amtrak onde viajavam 240 pessoas na ligação entre Washington e Nova Iorque e as imagens das televisões norte-americanas mostraram vários vagões tombados em consequência do acidente. Entre os feridos há pelo menos seis pessoas em estado crítico e os restantes não inspiram grandes cuidados, explicou Michael Nutter em conferência de imprensa.

As autoridades já abriram uma investigação, mas não são ainda conhecidas as causas do descarrilamento. Sabe-se apenas que o acidente ocorreu numa curva, e que o primeiro pedido de ajuda ocorreu às 21h28 (hora local), escreve o jornal local Philadelphia Inquirer.

Segundo relatos contados pela imprensa local, várias pessoas ficaram presas no interior das carruagens, que tiveram de ser cortadas para libertar os passageiros. O equipamento pesado para realizar a operação, no entanto, só terá chegado ao local cerca das 2h. Nas primeiras declarações à imprensa, Michael Nutter descreveu a cena como “um caos absolutamente devastador”.

“O motor completamente separado do resto do comboio…É incrível, nunca vi nada assim e a maioria dos meus colegas dirá o mesmo”, disse Nutter pouco depois de chegar ao local cerca de uma hora depois do desastre, acrescentando que as causas do acidente ainda não são conhecidas pelo que “é melhor não especular”.