Pelo menos 35 pessoas morreram e outras 13 desapareceram devido a inundações provocadas pelas chuvas intensas que afetaram vastas zonas do sul da China nos últimos dias.

Segundo dados do Governo chinês, citados hoje pela agência oficial Xinhua, a província de Guizhou, na qual perderam a vida 11 pessoas, é a mais atingida pelas tempestades.

Na província de Jiangxi morreram sete pessoas, em Fujian faleceram cinco, e as restantes vítimas mortais foram registadas em Hunan e Guangdong, assim como na região autónoma de Guangxi, indicou o Ministério do Interior.

As chuvas intensas registadas nos últimos dias no sul da China provocaram o transbordo de rios, destruição e casas e apagões elétricos, inundações de estradas e cancelamentos de voos.

Segundo informações divulgadas na quarta-feira pelas autoridades provinciais, havia mais de um milhão de pessoas afetadas pelas inundações.

O Serviço de Meteorologia Nacional chinês prevê que as chuvas no sul do país continuem durante o dia de hoje

 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR