Entre os dias 22 e 27 de junho, irá decorrer mais uma edição da Lisbon Summer School for the Study of Culture, um encontro anual organizado pela rede Consórcio de Lisboa, um programa de mestrado e doutoramento da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa (UCP).

Procurando aliar a reflexão teórica, a prática artística e a gestão cultural, a Lisbon Summer School reúne todos os anos artistas, académicos e curadores de várias nacionalidades para uma semana de palestras, apresentações e debates em torno da cultura contemporânea e da criatividade.

Entre os oradores convidados, irão estar Tisa Ho, diretora do Festival de Artes de Hong Kong, Mieke Bal, historiadora de arte holandesa, e Marita Sturken, professora de Cultura Visual da Steinhart School da Universidade de Nova Iorque.

A quinta edição, que terá como tema a “Cidadania Cultural”, irá ainda trazer a Portugal cerca de 80 doutorandos estrangeiros, oriundos de vários países. Durante uma semana, estes terão a oportunidade de “aprenderem e partilharem conhecimentos e experiencias com académicos, artistas, curadores, gestores culturais, entre outros que orientarão os debates e conferências”, disse ao Observador Paulo Campos Pinto, da UCP de Lisboa.

lisbon summer school

O evento decorrerá nas instalações da UCP, em Lisboa, e em várias instituições culturais de Lisboa, como a Culturgest, o Museu da Eletricidade e a Fundação Calouste Gulbenkian.

A Lisbon Summer School for the Study of Culture é uma iniciativa anual organizada pelo Consórcio de Lisboa, o programa de mestrado e doutoramento em Estudos de Cultura da Faculdade de Ciências Humanas da UCP. O mestrado foi eleito em 2014 como o terceiro melhor do mundo na área de gestão cultural pelo ranking da Eduniversal.

Documentos