Para quem não está familiarizado com o termo crop top, nós explicamos: são aqueles tops curtos que deixam a barriga à mostra, populares nos anos 90 e — como a moda é cíclica — hoje em dia.

Quando o crop top se tornou tendência, não veio com etiqueta a dizer a que tipo de corpo se destinava — como nenhuma peça vem, de resto –, logo as mulheres deduziram que podiam usar e abusar da peça, desde que gostassem. Infelizmente, nem toda a gente partilha da mesma opinião.

No início deste mês, saiu na revista O, da apresentadora de televisão Oprah Winfrey, um artigo sobre crop tops com um conselho: as mulheres podem usar um top curto somente se tiverem uma barriga lisa. Caso tal não se verifique, devem usá-lo por de cima de uma t-shirt mais comprida.

As reações na internet não se fizeram esperar e várias mulheres demonstraram a sua indignação nas redes sociais, postando várias fotografias suas a usar crop tops com a hashtag #rockthecrop. Até o diretor criativo da revista, Adam Glassman, apoiou a causa e partilhou no seu Twitter fotografias de várias mulheres a usarem a peça.

O objetivo da hashtag, criada pela blogger de moda Sarah Conley no seu site, é mostrar que qualquer mulher pode usar um top curto desde que se sinta bem e que, para mostrar oito ou dez centímetros de barriga, não é necessário ser uma “tábua”. Sarah acredita que das melhores coisas que aconteceram ao seu armário foi o aumento de popularidade dos crop tops e defende que, para muitas mulheres, esta peça de vestuário “ajuda a dar forma ao corpo e a definir a cintura”.

A Fusion prefere servir-se da ironia para dizer que de facto são necessários pré-requisitos para usar um top curto, e são eles: ter um tronco, um espaço entre o peito e as ancas — ou seja, barriga –, e gostar de usar t-shirts, independentemente do tamanho. Não há restrições, tanto que até existe uma versão masculina, os “shimmels”.

Os tops que se cimentaram como um must have devem a sua popularidade às saias, calções e calças de cintura subida, e ao facto de serem extremamente práticos, podendo ser usados nas mais variadas ocasiões, seja para ir para à praia, estar numa esplanada com os amigos ou sair à noite.

https://twitter.com/stellaboonshoft/status/618996802675736576/photo/1

Perante a polémica, e em declarações ao Buzzfeed, a revista veio a dizer mais tarde que “apoia e encoraja as mulheres a sentirem-se bem e confiantes, e que tudo não passou de mal-entendido”.

A resposta à pergunta “quem pode usar um crop top?” é, afinal, simples: toda a gente, desde que se sinta incrível ao fazê-lo.