Se lhe perguntarmos qual é a melhor série televisiva de sempre, é provável que vacile. Na era da chamada ‘Idade de Ouro’ das séries, o The Hollywood Reporter decidiu fazer a derradeira questão a mais de 2800 pessoas da indústria hollywoodesca, entre as quais 779 atores, 365 produtores e 268 realizadores. Dali saiu uma lista das 100 melhores séries da história da televisão, sendo que a maioria votou nos amigos.

Referimo-nos à série de culto “Friends“, e não aos amigos dos votantes. Rachel (Jennifer Aniston), Monica (Courteney Cox), Phoebe (Lisa Kudrow), Joey (Matt LeBlanc), Chandler (Matthew Perry) e Ross (David Schwimmer) foram os seis protagonistas da comédia que esteve no ar entre 1994 e 2004, mas que continua a repetir em vários pontos do globo (Portugal incluído). É a preferida de Hollywood.

O segundo lugar do pódio ficou reservado a um protagonista que se divide entre o bem e o mal: Walter White, protagonizado por Bryan Cranston, foi um dos principais ingredientes para o sucesso de “Breaking Bad“. A série terminou em 2013 e somou mais de 100 prémios, entre os quais dois Globos de Ouro e 16 Emmy.

Mulder e Scully encerram o top 3, com “Ficheiros Secretos“. As nove temporadas exibidas entre 1993 e 2002 foram seguidas com muita atenção, graças às histórias de misteriosos casos não solucionados, muitas vezes relacionados com eventos paranormais e a presença de extraterrestres na Terra. Este ano, a Fox anunciou que “Ficheiros Secretos” vai regressar à televisão, com o mesmo elenco mas em versão minissérie de seis episódios.

387931 09: James Gandolfini as Tony Soprano and Burt Young as Bobby "Bacala" Baccalieri, Sr. act in a scene in HBO's hit television series, "The Sopranos" (Year 3). (Photo by HBO)

Lembra-se de Tony Soprano e Bobby “Bacala” Baccalieri? “Os Sopranos” passaram na TV entre 1999 e 2007

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Foi a primeira vez que o Hollywood Reporter fez uma lista do género, depois de no ano passado ter andado a perguntar à indústria qual era o melhor filme de sempre. Venceu “O Padrinho”. E já que falamos em máfia, a série “Os Sopranos“, protagonizada pelo já falecido James Gandolfini, surge no 6.º lugar, depois “Game of Thrones” (4.º) e “Seinfeld“, segunda comédia da lista, só derrotada por “Friends”.

Destaque ainda para a única série a preto e branco do top 10, “I Love Lucy“, exibida entre 1951 e 1960 e absoluta líder de audiências na América. A atriz Lucille Ball era a personagem principal, um feito para a América dos anos 50, sobretudo porque a personagem Lucy recusava ser reduzida ao papel de dona de casa.

Lost” conseguiu um honroso 15.º lugar, atrás de “O Sexo e a Cidade“, em 12.º. “House of Cards“, que ainda dá na televisão, surge em 21.º lugar. Em 40.º encontramos “Frasier” e a meio da tabela está outra série de culto que teve apenas uma temporada, “Freaks and Geeks“, onde pudemos ver ainda jovens James Franco, Seth Rogen, Jason Segel e John Francis Daley. Em 100.º lugar ficou “Donas de Casa Desesperadas“.

Eis o top 10:

1. “Friends”
2. “Breaking Bad”
3. “Ficheiros Secretos”
4. “Game of Thrones”
5. “Seinfeld”
6. “Os Sopranos”
7. “Saturday Night Live”
8. “I Love Lucy”
9. “Mad Men”
10. “Os Simpsons”