FIFA

Michel Platini impedido de concorrer às eleições da FIFA

Dos sete candidatos anunciados, apenas cinco vão a votos em fevereiro. O líder da UEFA não vai porque está suspenso, mas até lá a situação ainda pode mudar.

Com Blatter de saída, Platini via nestas eleições a grande oportunidade de mandar no futebol mundial

AFP/Getty Images

Autor
  • João Pedro Pincha

A FIFA optou por não deixar concorrer à presidência o atual presidente da UEFA, Michel Platini, e o liberiano Musa Hassan Bility. O comité eleitoral da organização que regula o futebol mundial emitiu esta quinta-feira um comunicado no qual constam os cinco nomes admitidos às eleições de fevereiro próximo: o príncipe Ali Al Hussein, o xeque Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, Jérôme Champagne, Gianni Infantino e Tokyo Sexwale.

A decisão de não deixar Musa Bility avançar decorre de uma investigação à integridade de todos os candidatos. No comunicado da FIFA, lê-se que o comité eleitoral prefere não divulgar as razões específicas que levaram à exclusão desta candidatura. Na avaliação dos candidatos foram tidos em conta aspetos como os casos judiciais, os processos de bancarrota e as denúncias dos jornais sobre conduta fraudulenta e corrupção.

O comunicado emitido esta manhã não refere o nome de Michel Platini porque este está suspenso da FIFA desde o início de outubro. Quando essa suspensão terminar (o que deve acontecer no início de janeiro), Platini até pode ser admitido às eleições, que se realizam a 26 de fevereiro do próximo ano.

Musa Bility, atual presidente da federação de futebol da Libéra, ainda pode recorrer da decisão do comité para o Tribunal Arbitral do Desporto, em Lausana, na Suíça. Depois da investigação feita pela FIFA, todos os candidatos exerceram um direito de audição para explicar os eventuais pontos menos claros das respetivas condutas. 

Liberia FA chairman Musa Bility speaks on his mobile phone on June 19, 2015, after annoucing plans to stand for the presidency of Fifa, in the Liberian capital Monrovia. AFP PHOTO / ZOOM DOSSO (Photo credit should read ZOOM DOSSO/AFP/Getty Images)

Musa Bility tem 48 anos e é o presidente da federação de futebol da Libéria ZOOM DOSSO/AFP/Getty Images)

As eleições para a presidência da FIFA foram marcadas na sequência da demissão de Joseph Blatter, o homem que está há 17 anos aos comandos do futebol mundial e que, em setembro, se tornou o alvo de uma investigação criminal por parte das autoridades suíças. A crise na FIFA, no entanto, já vem de antes. Em maio deste ano, a Justiça dos Estados Unidos da América lançou uma operação que levou à detenção de sete dirigentes da organização e à investigação de outros tantos por suspeitas de corrupção.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)