O semi-frio chegou à cabeça dos homens através da nova moda de usar um gorro — com as orelhas de fora. O termo técnico é helixing, e se parece complicado, mais não é do que fazer duas ou três dobras neste acessório de forma a tapar o cocuruto mas deixar a “hélix” — a parte mais saída da cartilagem da orelha — como veio ao mundo.

“Muito pouco prático mas completamente na moda”, escreve o jornal The Guardian, que agradece a Harry Styles, dos One Direction, pelo novo protocolo segundo o qual ter frio nas extremidades não interessa, o que conta é o ar de rebelde que umas simples dobras conseguem transmitir.

Simon Chilvers, editor de moda masculina na loja online de luxo Matchesfashion.com, aponta River Phoenix como o verdadeiro “helixer” original e, na verdade, 13 anos antes de Styles se passear com um gorro quase a saltar da cabeça, o ator que deu vida a Mike Watersin no filme My Own Private Idaho, de 1991, já aparecia helixing, isto é, com um ar demasiado cool para usar um gorro como toda a gente.

river phoenix Idaho

River Phoenix, o “helixer” original. DR

Fugir à norma parece ser a regra fundamental. Ainda citando o The Guardian, não é de estranhar que o Urban Dictionary tenha classificado este novo acessório de Hipster Hat (chapéu hipster), justificando, sarcasticamente, que manter as orelhas quentes é demasiado mainstream.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em defesa do estilo masculino mas também do conforto das orelhas portuguesas, valha-nos um clima mais ameno do que o inglês.