Os Prémios Áquila, que distinguem as melhores produções portuguesas de cinema e televisão, são revelados esta quarta-feira em Lisboa, encontrando-se a telenovela “Poderosas” e o filme “Os gatos não têm vertigens”, de António-Pedro Vasconcelos, entre os mais nomeados.

Esta será a segunda edição dos prémios Áquila e a cerimónia de anúncio dos vencedores decorrerá esta quarta-feira, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Na categoria televisão, que distingue a melhor telenovela e as melhores representações masculinas e femininas, a novela “Poderosas” (SIC) lidera, com oito nomeações, incluindo a representação: João Jesus, Joana Ribeiro, Maria João Luís, como atores principais, e Jorge Corrula, Lia Carvalho e Sara Barros Leitão, como secundários.

No cinema, o filme que reúne mais nomeações, em seis categorias, é “Os gatos não têm vertigens”, de António-Pedro Vasconcelos, nomeadamente em melhor longa-metragem, realização e argumento (Tiago Santos).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A organização irá ainda atribuir três prémios especiais: o Prémio Condor para o ator João Jesus, que se revelou como ator em “Os gatos não têm vertigens”, o Prémio Fénix para o ator João Perry e o Prémio Excelsior para o projeto português Shortcutz, de divulgação de curtas-metragens.

Os prémios são uma iniciativa da Associação Cinematográfica Fénix. Os vencedores foram escolhidos por votação ‘online’ dos espectadores.