O Ministério do Ambiente apresentou esta quarta-feira um pacote de 10 medidas para a modernização do setor do táxi, que serão desenvolvidas em concertação com as associações profissionais. Representam um investimento de 17 milhões de euros.

O documento com as medidas, disponibilizado aos jornalistas, foi entregue aos dirigentes da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros e da Federação Portuguesa do Táxi, com quem o ministro João Matos Fernandes está esta tarde reunido em Lisboa para debater a atividade da Uber (serviço privado de transporte) em Portugal.

Melhorar a imagem do setor, aumentar o desempenho ambiental e a eficiência e flexibilizar e inovar são os três objetivos que a tutela pretende atingir com este conjunto de medidas.

A reunião começou pouco depois das 17h00 e pelas 18h00 ainda decorria.