Daniele Nouy, a presidente do Conselho de Supervisão do Mecanismo Único de Supervisão, é uma das convidadas para uma conferência em Lisboa, no próximo dia 17 de maio, em que será debatido o futuro da banca nacional. A conferência é organizada pela Associação Portuguesa de Bancos (APB) e pela estação televisiva TVI, com patrocínio da auditora KPMG e conta, também, com a participação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e do primeiro-ministro, António Costa.

O Presente e o Futuro do Sector Bancário” vão estar em discussão no Ritz Four Seasons Hotel, em Lisboa. O evento decorre ao longo de todo o dia, começando com as boas-vindas por parte de Fernando Faria de Oliveira (presidente da APB) e de Sérgio Figueiredo (diretor de informação da TVI) e uma sessão de abertura por Carlos Costa (governador do Banco de Portugal), além de Marcelo Rebelo de Sousa.

Durante a manhã vão discutir-se as novas regras da resolução e de haver um “olhar europeu” fornecido por um painel em que estará Elisa Ferreira, eurodeputada que deverá tornar-se vice-governadora do Banco de Portugal.

A sessão da manhã é encerrada por Mário Centeno, ministro das Finanças. Depois de almoço, Sikander Sattar, da KPMG, fala sobre os “novos desafios da regulação” e uma apresentação de Fernando Faria de Oliveira antecede o painel-debate que reúne os presidentes de alguns dos maiores bancos nacionais: Nuno Amado (BCP), Eduardo Stock da Cunha (Novo Banco), António Vieira Monteiro (Santander Totta), Fernando Ulrich (do BPI) e Carlos Rodrigues (do Banco BiG).

A participação de Daniele Nouy surge na sessão de encerramento, em que também irá intervir António Costa, primeiro-ministro. Mais detalhes sobre a agenda neste link.