Realizou-se esta segunda-feira a conferência anual da Apple dedicada a programadores (WWDC), pretexto para a empresa apresentar mais uma série de novidades para a próxima temporada. O evento, que decorreu em São Francisco, no estado norte-americano da Califórnia, serviu de rampa de lançamento a novas versões dos sistemas operativos da marca e até a uma mudança de nome num deles. Conheça as novidades.

Novo iOS 10, para dispositivos móveis

Tal como era esperado, a marca apresentou o sistema operativo móvel iOS 10, que poderá descarregar no outono. Finalmente adaptado ao potencial do 3D Touch, esta nova versão inclui uma série de funcionalidades baseadas nessa nova tecnologia — por exemplo, um novo formato de notificações com diversas formas diferentes de se interagir com elas. Além disso, quando pegar no seu iPhone ou iPad, o ecrã ligar-se-á automaticamente e mostrar-lhe-á as notificações que ainda não viu.

Para isso, a Apple remodelou ainda o ecrã de bloqueio e também as aplicações News, Music e Maps. Para os poliglotas, o teclado passa agora a suportar vários idiomas em simultâneo e terá uma melhor capacidade de prever o que quer escrever a seguir. O serviço de pagamentos Apple Pay — ainda não disponível em Portugal — chega finalmente à Web e terá ainda à sua espera uma nova aplicação chamada Home, a entrada da Apple na era da internet das coisas. Através dela poderá controlar os vários elementos da sua casa, desde abrir e fechar portas, ligar ou desligar luzes e levantar ou baixar as persianas. Isto se tiver uma casa inteligente, claro.

Por fim, o iOS 10 deverá permitir que apague a maioria daquelas aplicações que vêm com o seu aparelho mas que sabe que nunca as vai usar. Falamos da Find Friends, Stocks, Mail, entre outras.

O iOS 10 chegará no outono. Créditos: Apple

Adeus, OS X. Olá, macOS (Sierra)

Desaparece o OS X, aparece o macOS. É tudo uma questão de marca, mas as novidades não se ficam pela mudança de nome. A Apple apresentou uma nova versão a que chamou de Sierra. Sabe-se que a versão de testes (beta) chegará em julho e, à semelhança do iOS 10, a versão final chegará no outono.

Vale a pena destacar a chegada da assistente de voz Siri aos computadores Mac. Porém, o foco da empresa parece estar antes na continuidade entre dispositivos. Poderá, por exemplo, copiar um item num computador e colá-lo noutro. E mais: poderá guardar o seu ambiente de trabalho na cloud e carregá-lo também noutro computador. Tudo isto de forma fácil e intuitiva, bem à moda da Apple.

O sistema operativo OS X chama-se agora macOS. Créditos: Apple

watchOS 3 para o Apple Watch

Um novo relógio, nem vê-lo. Mas como não há duas sem três, a marca optou por lançar um novo sistema operativo para o tão badalado relógio inteligente. Vai chamar-se watchOS 3 e, adivinhe, chegará no outono.

A principal novidade? As aplicações, que abrem de forma praticamente instantânea — até sete vezes mais rápido do que na versão atual. Ainda assim, não querendo deixar para segundo plano o novo teclado Scribble: em vez de botões, poderá desenhar individualmente cada letra.

Há ainda uma nova aplicação de meditação chamada Breathe e uma funcionalidade para configurar um botão de emergência. Ao premi-lo, o relógio deverá ligar automaticamente para o número nacional de emergência — 911 nos Estados Unidos da América, 112 aqui em Portugal. De seguida, o Apple Watch partilhará com o assistente a sua localização, contacto de emergência e registo médico (idade, alergias, condição médica e por aí em diante).

No watchOS 3, as aplicações abrem de forma instantânea. Créditos: Apple

Outras novidades: tvOS, notícias, mensagens, memórias

A Apple está também a trabalhar num novo sistema operativo para a Apple TV, ainda sem data oficial de lançamento. Nele, a assistente pessoal Siri estará também mais inteligente, permitindo que procure por tópicos específicos diretamente na sua televisão. O serviço vai também integrar as funções de controlo das casas inteligentes que também chegam agora ao iOS 10.

Já lhe falámos anteriormente da remodelação do Apple News. Mas é ainda importante descriminar um pormenor: poderá fazer subscrições pagas de jornais e revistas diretamente na aplicação que, segundo o site The Verge, inclui agora mais de 2.000 publicações e junta mais de 60 milhões de leitores por mês.

Com a chegada do iOS 10 estão também preparadas algumas melhorias à aplicação iMessage, com sugestões para transformar certas palavras em emojis e, também, com a introdução de emojis maiores. Para terminar, o serviço Photos também foi trabalhado e passará a incluir algumas funcionalidades já disponíveis no Google Photos. Entre elas está o Memories, um assistente que cria álbuns de fotografias e vídeos com base em eventos e localizações. Pode pré-visualizar estas novidades de forma mais aprofundada na página que a Apple criou para o efeito.