Foi com surpresa que Zlatan anunciou abandonar o futebol, mas só para a selecção, é claro, uma vez que o profissional vai continuar a provar a sua valia nos relvados, ele que se estreou como júnior no Malmo em 1999 e que, depois disso, já representou as cores do Ajax, Juventus, Inter, Barcelona e A.C. Milan, militando agora no Paris Saint-German. Para que a mensagem passasse de forma mais suave junto dos seus conterrâneos – e porque é patrocinado pela também sueca Volvo, construtor agora controlado pelos chineses –, o futebolista apareceu num vídeo do V90, acompanhado pela sua família, a despedir-se da camisola – e da equipa – que representou durante 15 anos e onde era capitão.

O sueco Ibrahimovic é um dos futebolistas mais respeitados do panorama mundial. E se não for a bem, é a mal. É que à arte que exibe no domínio da bola, a estrela nórdica alia uns muito respeitáveis 1,95 metros de altura e 94 kg de peso. E, se isto ainda não chegar, este filho de emigrantes – mãe católica croata e pai muçulmano bósnio – é ainda cinturão negro em Taekwondo, pelo que os encontrões à socapa nas costas dos árbitros são altamente desaconselhados. Para quem deseje manter os dentes.

No vídeo, a Volvo conta a história de Zlatan, nascido num bairro pobre e complicado de Malmo, tendo singrado exclusivamente devido ao futebol e ao clube da cidade. Depois de abandonar a selecção, vê-se o futebolista deixar França e conduzir o “seu” V90 acompanhado pela mulher e dois filhos até Rosengard, onde nasceu e aprendeu a jogar, para deixar a última camisola que vestiu pela selecção nacional nas redes que protegem o pequeno campo do bairro.

A mensagem está lá toda, apesar da história, meio lamecha, se destinar a anestesiar os fãs e a fazê-los esquecer que, imediatamente depois das duas derrotas e de um empate ao serviço da selecção sueca – na fase de grupos do Europeu de França, de onde foi eliminada -, Zlatan teve de ser impedido de abandonar mais cedo Paris e rumar a Inglaterra. Foi o treinador Erik Hamren que fez saber que não veria com bons olhos que Ibrahimovic se separasse do grupo antes de tempo para, alegadamente, ir assinar o contrato com o Manchester United, uma vez que é público que o jogador se prepara para deixar o Paris Saint-Germain no Verão.

[jwplatform tBqci1ll]