476kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

No Irão, os homens usam véu como forma de protesto

Este artigo tem mais de 5 anos

Os homens iranianos resolveram juntar-se ao movimento que luta contra a lei que obriga as mulheres a saírem à rua de véu. Os homens tiram fotos de hijab que são partilhadas nas redes sociais.

As fotografias dos homens a usar o véu estão a ser partilhadas nas redes sociais com a hashtag #MenInHijab.
i

As fotografias dos homens a usar o véu estão a ser partilhadas nas redes sociais com a hashtag #MenInHijab.

My Stealthy Freedom/Facebook

As fotografias dos homens a usar o véu estão a ser partilhadas nas redes sociais com a hashtag #MenInHijab.

My Stealthy Freedom/Facebook

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os homens iranianos juntaram um novo adereço ao seu guarda-roupa: o véu. Não se trata de um fenómeno de moda mas de uma forma particular de apoiar o protesto das mulheres contra o uso obrigatório do acessório quando saem à rua.

O Irão é o único país no mundo que obriga todas as mulheres — iranianas ou não — a usar véu (ou pelo menos a cobrir os cabelos) no seu território, como sinal de respeito em relação ao Islão. A lei foi instituída na sequência da Revolução Iraniana de 1979 e o seu cumprimento passou a ser vigiado pelas autoridades que asseguram que as mulheres se vestem da forma considerada correta na via pública.

Como forma de protesto contra esta lei, surgiu um movimento social na internet chamado My Stealthy Freedom(“a minha liberdade furtiva”, em tradução literal) onde muitas mulheres iranianas partilham fotografias nas redes sociais nas quais não utilizam véu (hijab). Mas apenas o retiram por breves instantes para posar para as fotografias, uma vez que estão proibidas de andar na rua sem hijab.

Antes da revolução liderada pelo Ayatollah Khomeini, a utilização véu no Irão não era obrigatória. Nas cidades, a maioria das mulheres saíam à rua de cabelo à mostra. O véu era usado sobretudo pelas mulheres das zonas rurais. O movimento “My Stealthy Freedom” pretende devolver às mulheres iranianas o direito à escolha a usar ou não hijab e agora os homens iranianos também se juntaram à causa.

Como forma de mostrarem solidariedade para com as mulheres, enquanto elas surgem nas imagens sem véu, eles fazem questão de pôr o hijab para tirar a fotografia. Pretendem mostrar desta forma que não concordam não as regras que definem como se devem vestir as mulheres para poderem sair à rua.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.