A Polícia Marítima de Faro anunciou hoje que deteve uma pessoa por apanha ilegal de berbigão, tendo recuperado quase 1.500 quilos destes bivalves ainda vivos, que foram devolvidos ao habitat natural.

Durante a ação, de policiamento e fiscalização nas águas da Ria Formosa, na área de jurisdição da Capitania do Porto de Faro, direcionada à atividade de captura ilegal de bivalves (berbigão), “foram detetados cinco sujeitos apeados que se encontravam em plena faina de captura de bivalves, com a utilização de ganchorras de mão (arrastos de cintura); ao se aperceberem da presença da Polícia Marítima, colocaram-se em fuga, abandonando parte dos instrumentos que utilizavam, bem como os bivalves capturados”, anuncia a polícia marítima.

“Foi possível identificar um dos intervenientes, apreender duas ganchorras, um conjunto de outros acessórios de apoio à atividade e 48 sacos cheios de berbigão, num total aproximado de 1440 kg, que serão alvo de processo por contra ordenação”, acrescenta o comunicado divulgado esta noite.

Nesta ação que decorreu no domingo, entre as 18h30 e as 22h20, nas águas da Ria Formosa, foram destacados dois agentes da Polícia Marítima e um elemento da patronia da Capitania do Porto de Faro, apoiados por uma lancha e uma moto de água do Comando-local da Polícia Marítima de Faro.