O piloto alemão Sebastian Vettel (Ferrari) foi penalizado pela “condução perigosa e errática”, caindo do terceiro para o quinto lugar no Grande Prémio do México em Fórmula 1, conquistado no domingo pelo britânico Lewis Hamilton (Mercedes).

Vettel foi penalizado em dez segundos por conduzir “perigosa e erraticamente” enquanto defendia a quarta posição na corrida, informou a Fórmula 1, após investigar um incidente que envolveu o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) e o holandês Max Verstappen (Red Bull).

Com a penalização imposta a Vettel, Daniel Ricciardo ascendeu ao terceiro lugar e Verstappen ao quarto.

O holandês tinha caído anteriormente para quinto também na ‘secretaria’, depois de ter sido penalizado em cinco segundos, na sequência de manobras que fez na luta para manter a posição com Sebastian Vettel.

Lewis Hamilton cumpriu os 305,354 quilómetros da prova em 1h40.31,402, à média de 182,259 km/h, batendo o seu companheiro de equipa, o alemão Nico Rosberg, por 8,354 segundos.

O Mundial de Fórmula 1 prossegue a 13 de novembro em São Paulo, palco da 20.ª e penúltima prova do Campeonato do Mundo, o Grande Prémio do Brasil.