Turismo

Turismo Porto e Norte destaca importância de estrelas Michelin para combater sazonalidade

O presidente da Entidade do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, destacou a importância das estrelas Michelin conquistadas para combater a sazonalidade.

o Guia Michelin é hoje considerado uma referência mundial na qualificação de restaurantes. Portugal entrou no roteiro em 1910

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O presidente da Entidade do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, destacou esta quinta-feira a importância das estrelas Michelin conquistadas por cinco restaurantes do Norte do país para combater a sazonalidade.

Estrelas Michelin trazem mais ativos, mais dinheiro e mais economia. Hoje mais de 20% dos turistas que chegam ao Porto e Norte de Portugal procuram a gastronomia e vinhos. É indiscutivelmente um produto estratégico de extrema importância para combater a sazonalidade e para aumentar a estada média do turista na Região”, declarou hoje Melchior Moreira, presidente da TPNP, a propósito do anúncio dos cinco galardões da Michelin para o Grande Porto.

A Michelin anunciou na noite de quarta-feira que cinco restaurantes do Grande Porto, região que apenas tinha duas estrelas, foram distinguidos com galardões da Michelin, destacando-se da lista Ricardo Costa do The Yeatman, em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, que recebeu a primeira insígnia de duas estrelas Michelin no Norte do país.

Outros distinguidos com estrela Michelin foram Rui Paula da Casa de Chá da Boa Nova, em Matosinhos, que ganhou a sua primeira estrela, Vítor Matos, que repete a estrela mas agora no restaurante Antiqvvm, no Porto, bem como André Silva da Casa da Calçada, em Amarante, que também ganhou uma estrela Michelin. Pedro Lemos do restaurante com o seu nome próprio, localizado no Porto, manteve a estrela já conquistada em 2014.

As estrelas Michelin são definidas mediante visitas dos 12 inspetores do chamado ‘guia vermelho’ para a Península Ibérica, que avaliam, entre outros critérios, a qualidade dos produtos, o ponto de cozedura, os sabores, a criatividade, a regularidade da cozinha e a relação qualidade/preço.

Criado no início do século XX para ajudar os viajantes nas suas deslocações, o Guia Michelin é hoje considerado uma referência mundial na qualificação de restaurantes. Portugal entrou no roteiro em 1910.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Educação

Aprendizagem combinada: o futuro do ensino

Patrick Götz

Só integrando a tecnologia na escola se pode dar resposta às necessidades do futuro, no qual os futuros trabalhadores, mesmo que não trabalhando na indústria tecnológica, terão de possuir conhecimento

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)