A Soares da Costa Investimentos informou, esta sexta-feira, que não vai reembolsar um empréstimo obrigacionista no valor de 20 milhões de euros ao único titular, que é o Millennium BCP, adiantou a empresa em comunicado.

A SDC Investimentos, SGPS, “informa que não vai proceder ao reembolso do seu empréstimo obrigacionista ISIN: PTSCOEOE0004 – Obrigações Grupo Soares da Costa 2007/2016, no valor de 20 milhões de euros, que se vence no próximo dia 28 do corrente mês de novembro”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O Millennium BCP é o único titular das obrigações deste empréstimo que revestiu a modalidade de subscrição particular, não estando as mesmas incluídas no mercado, nem cotadas, avança a SDC Investimentos.

No documento, a empresa lembra que está em “processo de reestruturação do seu passivo bancário”, adiantando que este “tem evoluído de forma positiva, embora ainda não esteja concluído”.

E explica que nele se inclui o empréstimo obrigacionista em causa, motivo pelo qual o mesmo “não será reembolsado na referida data de vencimento, ficando formalmente em incumprimento”.

Contudo, face à existência desse processo negocial, esclarece a empresa, “não se antevê qualquer consequência desse incumprimento”, ficando “a sua sanação dependente da solução concreta” do processo, que, espera, “possa ocorrer a curto prazo”.

A SDC Investimentos (ex- Grupo Soares da Costa SGPS, SA) é uma sociedade gestora de participações e investimentos, com interesses na área de negócios de construção e especializada nas áreas de concessões de infraestruturas e imobiliário, segundo a informação disponível na sua página na internet.