801kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Masterchef. Sp. Braga cozinha 3.º lugar

Este artigo tem mais de 5 anos

Na véspera do último jogo para o campeonato, esta 4.ª feira às 19h, dois jogadores e duas jogadoras entram em campo e driblam a plateia com bacalhau, aletria mais rabanadas. Que show!

Emiliano Velázquez, Pedro Santos, Susana Silva e Andreia Norton: é a vitória certa da melhor equipa
i

Emiliano Velázquez, Pedro Santos, Susana Silva e Andreia Norton: é a vitória certa da melhor equipa

ALEXANDRE RIBEIRO

Emiliano Velázquez, Pedro Santos, Susana Silva e Andreia Norton: é a vitória certa da melhor equipa

ALEXANDRE RIBEIRO

O quarto grande, muito se fala sobre o quarto grande do futebol português. O Belenenses reclama para si esse título, com base no primeiro lugar em 1945-46, mas o Boavista roubou-lhe o protagonismo em 2000-01. Como se não bastasse, um outro B intrometeu-se nesta discussão: o Sp. Braga. Mas como, se tem cerca de zero títulos de campeão e só um vice, em 2010?

Para já, há o tema da regularidade. Recuemos 40 anos, até ao início da liga 75-76. Saúdam-se os regressos de Braga e Beira-Mar nos lugares de Olhanense e Espinho. Seguem-se o campeão Benfica e os restantes 13 sobreviventes entre FC Porto, Sporting, Belenenses, Vitória SC, Vitória FC, Leixões, Académica, U. Tomar, CUF, Farense, Estoril, Atlético e Boavista. Daí para cá, o futebol português dá voltas e voltas, há campeonatos com 18 equipas, até 20, de novo 16, agora 18. Nesse hiato temporal, quatro equipas há que não saem do lugar: os três grandes mais o Braga – e, em 14 desses anos, o Braga acaba no top 5. Esta época, o objectivo é o pódio e a vitória em Alvalade (1-0) para ultrapassar o Sporting no terceiro lugar é um claro indicador. Como se isso fosse pouco, o Braga também tem uma equipa de futebol sénior feminino vai lá, vai: melhor ataque (58 golos), melhor defesa (2) e sem derrotas em 10 jogos.

foto3

Vai daí, o Braga decide juntar dois jogadores e duas jogadoras para um showcooking, no centro da cidade. Eles fazem o bacalhau com todos, elas a aletria mais rabanadas. Eles, quem? Pedro Santos mais Emiliano Velázquez. Elas, quem? Andreia Norton (heroína nacional, uma espécie de Éder, pelo golo à Roménia na qualificação inédita para o Euro) mais Susana Silva, ambas. Os quatro juntam-se numa tenda SC Braga do Liberdade Street Fashion, alinham-se com o chef Vinagre (cozinheiro do clube) e cá vai disto. A plateia delicia-se.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A prova é mais dura que um jogo de futebol e é também mais elegante. Prova disso é o fair-play de Pedro Santos. “Provei os pratos da equipa feminina e estava bom; elas merecem a vitória, esforçaram-se mais do que nós.” Mai’nada, quem fala assim não é gago. Para ver e rever. Até às 19 horas desta quarta-feira. A partir daí, é só olhos para o Braga-Moreirense. Está em causa o terceiro lugar do campeonato.

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar
Junte-se ao Presidente da República e às personalidades do Clube dos 52 para uma celebração do 10º aniversário do Observador.
Receba um convite para este evento exclusivo, ao assinar um ano por 200€.
Limitado aos primeiros 100 lugares
Assinar agora Ver programa