Com um véu cravado de brilhantes que lhe cobrem metade do rosto, a modelo Gigi Hadid foi a escolhida para aparecer na primeira capa da Vogue na Arábia, a península onde ficam Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Iémen, Kuwait, Omã e Catar. A revista, que terá uma versão em árabe e outra em inglês, vai ser lançada já em março. Na sua página de Instagram, Gigi Hadid diz que “significa o mundo” ser a primeira pessoa a protagonizar a revista por ser “meia-palestiniana”: o pai é natural de Nazaré, em Israel.

As duas versões da revista terão fotografias diferentes. Na edição em árabe, o véu cobre apenas parte do rosto de Gigi Hadid e revela os lábios da modelo norte-americano. Na edição em inglês, Gigi Hadid aparece com o queixo menos levantado e o véu cobre a totalidade do rosto, deixando revelar apenas os olhos. “Acho que a melhor coisa das Vogue internacionais é que, como uma comunidade de moda, somos capazes de celebrar e compartilhar com o mundo culturas diferentes”, disse Hadid.

É a princesa saudita Deena Aljuhani Abdulaziz que está à frente da nova publicação da Vogue. Foi também ela que convidou Gigi Hadid para surgir nesta histórica capa porque “posada para uma fotografia, a Gigi comunica milhares de palavras a uma região que já esperou demasiado tempo pela sua voz Vogue para falar”. Embora a resposta dos internautas à nova capa Vogue tenha sido positiva, há quem esteja a incentivar os leitores a escolherem a edição em árabe. Outros pedem também que Deena Aljuhani Abdulaziz escolha modelos árabes nas futuras edições.

Entretanto, já foi lançado um Instagram para a Vogue Arábia e uma página em inglês e em árabe para a revista. Veja a capa completa na fotogaleria, onde também lhe mostramos outras catorze capas icónicas da Vogue pelo mundo.

15 fotos