Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Em 1987, quando a imagem de uma mulher em topless a admirar uma paisagem paradisíaca de Bora Bora apareceu, o mundo da fotografia (e o da Internet, ainda antes de ter chegado a tanta gente) estava prestes a mudar. “Jennifer in Paradise” foi a primeira fotografia alterada digitalmente através de um programa inventado por John Koll, que namorava com a protagonista da imagem. Era o Photoshop, hoje utilizado para simples correções de cor ou para alterar completamente a história contada pelas fotografias. Passados trinta anos, o Photoshop está ao alcance de grande parte dos internautas.

A criação de John Koll deu origem a muitas alterações famosas. Uma das mais notadas é a que foi feita à imagem que mostra a administração de Obama reunida na Casa Branca enquanto assistiam à detenção e morte de Bin Laden, o líder da Al Qaeda. A fotografia foi modificada para que não fossem visíveis informações secretas nos documentos em cima da secretária.

Há outras imagens, desde cartazes publicitários que modificam dramaticamente o corpo das modelos, representações e ilustrações que apresentam erros científicos ou alterações feitas por órgãos governamentais — como da Coreia do Norte, Irão ou Israel — a imagens enviadas para os meios de comunicação social. Veja 16 dos exemplos mais famosos na fotogaleria.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR