A Coreia do Norte disparou na manhã desta quinta-feira aquilo que a Coreia do Sul acredita serem vários mísseis antinavio. A informação foi revelada por militares da Coreia do Sul, citados pela agência Reuters. Os lançamentos foram também confirmados pelo Japão.

A Coreia do Norte disparou vários projéteis não identificados, assumidos como mísseis antinavio, esta manhã, nas proximidades de Wonsan, província de Gangwon”, informaram as Forças Armadas sul-coreanas, em comunicado.

Os mísseis percorreram cerca de 200 quilómetros até afundarem no Mar do Leste.

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, foi informado de imediato acerca dos lançamentos, avança o The Korea Times.

De acordo com um comunicado emitido pelo exército da Coreia do Sul, os mísseis terão sido lançados a partir de uma base em Wonsan, uma cidade portuária na costa nordeste da Coreia do Norte.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos não deverá emitir nenhuma declaração uma vez que consideram não se tratarem de mísseis balísticos e não representarem uma ameaça de longo alcance, avança a CNN.

Os media norte-coreanos ainda não têm nenhuma informação acerca dos lançamentos.

A Coreia do Norte realizou testes de mísseis balísticos durante três fins de semana consecutivos em maio. O último lançamento aconteceu no dia 28 de maio a partir da mesma cidade de Wonsan. O projétil percorreu 450 quilómetros em direção a Este. O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, que também foi informado de imediato, reuniu de emergência o conselho nacional de segurança.