O Banco Popular Portugal desistiu de ser uma sucursal do espanhol Banco Popular, como tinha anunciado em janeiro, informou esta quinta-feira a instituição em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O Banco Popular Portugal informa ter apresentado ao Banco de Portugal a desistência do pedido de autorização prévia da cisão parcial transfronteiriça intracomunitária a favor do Banco Popular Español”, lê-se na nota publicada no portal da CMVM.

No documento, o banco recorda também os comunicados que emitiu ao mercado em 5 de janeiro e 10 de abril últimos, dando conta da intenção de constituir uma sucursal em Portugal para exercer a atividade bancária objeto da planeada cisão, e alterar os estatutos do Banco Popular Portugal para uma sociedade de locação financeira.

Na informação aos reguladores dos mercados português e espanhol, comunicada a 5 de janeiro, o banco anunciava ter aprovado um projeto de “cisão parcial transfronteiriça intracomunitária” a favor do Banco Popular Español, passando este a ser uma sucursal para o exercício da referida atividade em Portugal”, que manteria a atividade de locação financeira e imobiliária.

O Banco Santander anunciou no início deste mês a aquisição de 100% de Banco Popular por um euro, após o Banco Central Europeu ter constatado a inviabilidade da instituição de forma independente e a fim de garantir a segurança dos depositantes do Popular.

Em comunicados separados, o Fundo de Reestruturação Ordenada Bancária (FROB) e o próprio Santander indicam que a compra ocorre depois de um processo competitivo de venda organizado “no âmbito de uma medida de resolução”, adotado pelo Conselho Único de Resolução europeu e executado pelo FROB.

Como parte da operação, o Santander tem previsto realizar um aumento de capital de aproximadamente 7.000 milhões de euros, “que cobrirá o capital e as provisões necessárias para reforçar o balanço do Banco Popular”, segundo um comunicado enviado à Comissão de Comissão de Mercado de Valores (CMVM). Assim, o Banco Popular Portugal passa a integrar o Santander Totta.