Rádio Observador

Bosch

Bosch de Ovar vai contratar mais 100 trabalhadores até março de 2018

O administrador da fábrica da Bosch em Ovar disse que a empresa quer contratar mais 100 trabalhadores até março de 2018. Com a contratação passará a contar com cerca de 800 colaboradores.

PAULO NOVAIS/LUSA

O administrador da fábrica da Bosch em Ovar, António Pereira, disse esta sexta-feira que a empresa quer contratar mais 100 trabalhadores até março de 2018, passando a contar com cerca de 800 colaboradores. António Pereira falava durante a inauguração de uma nova área produtiva da Bosch Security Systems, em Ovar, que representa um investimento de 2,9 milhões de euros.

O gestor referiu que estes novos 100 trabalhadores vão juntar-se aos 140 que foram recentemente contratados para responder aos novos projetos na produção.

Este crescimento representa para nós um incremento superior a 50% da nossa população e contribui para a redução de cerca de 10% do desemprego em Ovar”, disse António Pereira.

Na mesma ocasião, o representante da Bosch em Portugal, Carlos Ribas, disse que o país “dispõe de todos os recursos necessários para se afirmar como uma referência na área da criação e inovação”.

“O ensino em Portugal é tão ou mais qualificado do que o das melhores universidades estrangeiras. O nosso objetivo é cativar esses jovens talentos e segurá-los no nosso país, permitindo assim que deem o seu valioso contributo à economia nacional”, sublinhou.

Carlos Ribas revelou ainda que a empresa tem recrutado portugueses licenciados que se encontravam emigrados, adiantando que esses talentos “estão a contribuir hoje fortemente com as suas valências para o crescimento e para o desenvolvimento dos projetos em que estão envolvidos”.

A nova área produtiva da Bosch, com quatro mil metros quadrados efetivos e mais três mil metros quadrados pré-preparados para o crescimento nos próximos anos, vai permitir um aumento de 10% no volume de vendas em 2017 e cerca de 45% no próximo ano.

A Bosch de Ovar produz equipamentos de videovigilância, sistemas de comunicações, soluções para deteção de incêndio e novos equipamentos eletrónicos para as divisões de Termotecnologia e Eletrodomésticos da empresa em todo o mundo.

Além de Ovar, a multinacional alemã tem mais duas unidades de produção e Investigação & Desenvolvimento em Aveiro e Braga e dá emprego a cerca de 4.000 pessoas.

Em 2016, a Bosch gerou um recorde de 1,1 milhões de euros em vendas a partir de Portugal.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)