Chama-se ‘Azores’ e mostra a ilha dos Açores aos olhos de Francisco Lufinha – o kitesurfer que ligou a ilha de Ponta Delgada ao continente em kitesurf – uma prova que o português fez em quase duas semanas e na qual fixou um novo recorde mundial.

A produção está a cabo da “HumanEyes” e dá a conhecer as “paisagens incríveis”, as “águas cristalinas da região” e a “hospitalidade do povo açoriano”. Pode ver o vídeo aqui.

HumanEyes Azores with Francisco Lufinha

During my adventures I came across this really special place, it is called Azores! There you go! Now my secret is all yours :)Open your HumanEyes and explore away.Special thanks to Aventour Azores, Sailtours, CW Azores, Azores Airlines and Pedro Parreira

Posted by Francisco Lufinha on Wednesday, September 27, 2017

Neste vídeo fica patente a paixão de Francisco Lufinha pelos Açores, o seu espírito aventureiro, a paixão pelo mar e pelos desportos radicais, num registo intimista onde revela a sua essência enquanto atleta e aventureiro”, lê-se em comunicado.

A viagem, que ligou os Açores ao continente durou 10 dias. Francisco Lufinha percorreu 1.646 quilómetros, batendo o próprio recorde da maior viagem no mar em kitesurf e em dupla. No final, foi recebido por dezenas de pessoas, que o esperavam na marina de Oeiras.

Fotogaleria. A chegada de Lufinha a terra após 1.646 quilómetros em kitesurf no mar

O kitesurfer português deu uma entrevista ao Observador, onde contou quais eram as suas expectativas para a travessia e outros pormenores sobre a viagem. Pode recuperar essa entrevista aqui.

Francisco Lufinha: “Estar no meio do oceano e não ver nada… Pensei em tudo, que ficava ali”