Turismo

Portugal eleito pela primeira vez melhor destino europeu nos ‘óscares’ do Turismo

4.314

Portugal ganhou, pela primeira vez, o prémio de melhor destino europeu dos World Travel Awards, os 'óscares do Turismo'. O Porto de Lisboa venceu o melhor terminal de cruzeiros.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

Portugal ganhou, pela primeira vez, o prémio de melhor destino europeu dos World Travel Awards, os ‘óscares do Turismo’ numa cerimónia que decorreu hoje, em São Petersburgo, na Rússia.

Presente na cerimónia, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, comentou que receber esta distinção inédita “é uma honra e um grande orgulho” e mostra que “todo o país é um ativo incrível e motivo de visita”.

Para a governante, o prémio é resultado do “empenho de todos em tornar Portugal um destino turístico de excelência, com uma diversidade de oferta única e que se estende por todo o território”.

“Ser o país a ganhar este prémio é um claro indício de que estamos no bom caminho, aquele que mostra a diversidade que temos para oferecer, de norte a sul, do litoral ao interior”, acrescentou.

Além de Portugal, estavam nomeados para o prémio Áustria, Reino Unido, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Noruega, Espanha, Suécia, Suíça e Turquia.

Nesta cerimónia, Portugal foi o país que mais prémios recebeu, “30% do total”, segundo informação da Secretaria de Estado. O país recolheu 37 ‘óscares’, mais 13 do que em 2016.

Estes reconhecimentos “trazem a responsabilidade acrescida de continuarmos, sempre, a qualificar os nossos destinos, a nossa oferta, os nossos recursos humanos e a inovar de forma a garantir que estamos à altura das exigências de uma procura cada vez mais sofisticada e exigente”, acrescentou Ana Mendes Godinho.

Na cerimónia, o Turismo de Portugal, pela quarta vez consecutiva, foi eleito o melhor organismo europeu oficial de turismo.

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, manifestou o “enorme orgulho” da distinção para um “organismo que tem apenas dez anos”.

“Se o Turismo de Portugal goza, hoje, de uma notoriedade e reputação inigualáveis, é devido a todos quantos, diariamente, se esforçam para ultrapassar desafios e superar recordes, tendo em mente um objetivo comum: liderar o turismo do futuro”, afirmou.

“Este é, sem dúvida, também um reconhecimento da nossa estratégia turística e dos bons resultados que, ano após ano, o setor tem vindo a alcançar. Não é por acaso que o exemplo português é já considerado um ‘case study’ [caso de estudo] internacional”, concluiu Luís Araújo.

O porto de Lisboa foi também eleito “Melhor Porto de Cruzeiros da Europa”, pela qualidade de serviços e pelas infraestruturas disponíveis para os turistas que visitam e fazem escala na cidade.

Os World Travel foram criados em 1993 e a seleção dos nomeados é realizada à escala mundial por milhares de profissionais do setor.

Porto de Lisboa eleito o Melhor Porto de Cruzeiros na Europa

O porto de Lisboa também foi escolhido como o ‘Melhor Porto de Cruzeiros da Europa’, nos World Travel Awards Europe, pela qualidade de serviços e pelas infraestruturas disponíveis para os turistas que visitam e fazem escala na cidade.

“Esta distinção contribui para um melhor posicionamento do Porto de Lisboa a nível europeu e é o reconhecimento dos resultados da aposta na promoção de Lisboa enquanto destino de cruzeiros, o que muito nos orgulha e motiva para continuar a promover a excelência turística da capital portuguesa”, considerou Paula Oliveira, diretora executiva do Turismo de Lisboa, em comunicado.

O porto de Lisboa recebeu a distinção na gala dos World Travel Awards Europe, que decorreu em São Petersburgo, na Rússia.

No ano passado, passaram pelo cais lisboeta 522 mil turistas de cruzeiros, dos quais 472 mil em trânsito.

A nível mundial, Lisboa está nomeada para ‘Melhor Destino City Break’, ‘Melhor Destino de Cruzeiros’ e ‘Melhor Porto de Cruzeiros’. As votações para estas categorias decorrem até 30 de outubro, em http://www.worldtravelawards.com.

Criados em 1993, os World Travel Awards reconhecem os melhores exemplos de boas práticas no setor do turismo, à escala global. A votação é realizada pelo público em geral e por mais de 200 mil profissionais de turismo, oriundos de 160 países.

Em maio, a ministra do Mar referiu que o novo terminal de cruzeiros de Lisboa, em Santa Apolónia, iria estar a funcionar durante o verão, após sucessivos atrasos.

A Administração do Porto de Lisboa informou na semana passada que este mês Ana Paula Vitorino acompanhou a chegada dos primeiros passageiros na nova infraestrutura, mas o Público noticiou que o terminal voltou a fechar no mesmo dia para conclusão das obras.

O diretor do terminal, Ricardo Ferreira, explicou que tinha sido uma “abertura beta” e que o funcionamento em pleno aconteceria “daqui a um ou dois meses”.

A nova gare/terminal de cruzeiros contempla um edifício com 13.800 metros quadrados, com capacidade para 800 mil passageiros ano, o que representa um aumento de 300 mil face aos números atuais.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)