Bitcoin

Bitcoin vai (mesmo) para a bolsa e supera 12 mil dólares

250

Bolsa de derivados de Chicago vai admitir negociação de contratos futuros de "bitcoin", como se de petróleo ou de ouro se tratasse. Com a confirmação da notícia, a "bitcoin" superou os 12 mil dólares.

Getty Images

A bitcoin superou esta quarta-feira um novo máximo histórico, acima de 12 mil dólares por unidade (pouco mais de 10 mil euros), segundo a Coindesk. A negociação da criptomoeda continua, como sempre, a ser feita com grande volatilidade, mas a confirmação de que a bitcoin vai (mesmo) entrar na alta finança ajudou a moeda digital a manter-se confortavelmente acima da barreira psicológica dos 10.000 dólares, superados na semana passada depois de uma valorização inédita desde o início do ano.

Os investidores nas bolsas de derivados financeiros, onde são negociados os contratos futuros das principais matérias-primas, como o petróleo ou o ouro, vão poder negociar direitos sobre bitcoin. Já havia rumores — e talvez por isso a bitcoin tenha disparado nas últimas semanas — e na segunda-feira surgiu a confirmação: a CBOE de Chicago será a primeira a admitir este tipo de negociação, já a partir deste domingo. A rival CME e a Nasdaq podem seguir-se.

Com a confirmação dos rumores que existiam no mercado há algumas semanas, a bitcoin voltou a ganhar “terreno” e, segundo a Coindesk, estava com uma cotação de 12.664 dólares, a meio do dia desta quarta-feira.

A decisão da CBOE tem um grande significado simbólico, porque é um passo histórico na legitimação da moeda virtual na alta finança internacional. Para quem duvida da validade desta criptomoeda — e para quem acha que devia ser proibida, como o Nobel Joseph Stiglitz — a decisão das bolsas como a CBOE só irão contribuir para intensificar a “bolha perigosa” que alguns especialistas veem na bitcoin.

Stephen Roach, professor da Yale University, avisa que a bitcoin é um “conceito tóxico” para os investidores. Citado pela CNBC, o antigo economista-chefe do Morgan Stanley avisa que estamos perante uma “bolha especulativa perigosa”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: ecaetano@observador.pt
Finanças

Um bitcoin por uma incrível taça de chá /premium

José Miguel Pinto dos Santos
626

Qual é o valor de um bitcoin? Uma barra de ouro, uma casa ou um quadro de Picasso? É exatamente igual àquilo que nós, os homens, na nossa inconstância e vaidade lhe queiramos dar. Nem mais, nem menos.

Paris

A morte das catedrais

António Pedro Barreiro

A separação forçada entre a beleza e a Fé é lesiva para ambas as partes. O incêndio em Notre-Dame recorda-nos isso. Recorda-nos que as catedrais não são montes de pedras.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)