Os 20 anos já lá vão. As horas a estudar, as noitadas em discotecas, os almoços de pizzas e hambúrgueres, as diretas para acabar trabalhos da faculdade, as ressacas, os dias passados ao sol sem protetor solar… Sobrevivemos a tudo, continuamos a sobreviver. E a nossa pele também. Mas é preciso lembrar que à medida que os anos passam, não é só o nosso penteado que muda e a celulite que se acumula. A pele também vai passando por diversas fases e isso está relacionado com as hormonas e todos os excessos da vida que aos trinta anos também mudam. Talvez já não façamos tantas noitadas a estudar mas agora temos empregos, horários e patrões.

Renée Rouleau, esteticista de muitas celebridades, disse ao site de beleza Byrdie que os trinta são uma altura de bebés, stress e alterações hormonais que vão causar estragos na nossa pele em grande parte porque as hormonas de crescimento começam a diminuir a sua velocidade e a pele deixa de se reparar como acontecia aos vinte anos. É aqui que frequentemente as mulheres começam a sofrer com acne cística (vermelha e com inflamações), manchas e cicatrizes de acne.

Ao contrário dos tempos áureos da adolescência, também o colagénio (que dá força à pele) e a elastina (elasticidade) vão ficando mais fracos e começamos a ver linhas de expressão, principalmente ao redor da boca e dos olhos. Mas talvez o pior seja as mudanças no tom de pele porque o suporte elástico das glândulas linfáticas começa a enfraquecer. É aos trinta que começamos a reparar que a pele ficou baça, que as olheiras já não existem só quando nos deitamos tarde e que ter uma pele brilhante é agora uma miragem.

Se já entrou nos trinta, está definitivamente na altura de começar a levar a sua pele a sério. E de tentar, pelo menos, adotar estes simples seis hábitos:

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Use apenas maquilhagem com benefícios para a pele

Já não há desculpas para usar produtos de maquilhagem duvidosos nem para encher o rosto de bases e pós que entopem os poros. Tem de pensar na maquilhagem como mais uma forma de cuidar da pele e isso só é possível com produtos que protejam: bases com proteção solar e adequadas ao seu tipo de pele (seca, oleosa, sensível), BB Creams e pós minerais. Lembre-se que, desta forma, a maquilhagem serve como uma camada extra de proteção entre a pele e o meio ambiente.

Se fumar aos 20 anos era cool, agora já não é

Se fumou durante a sua adolescência, acredite, está na hora de colocar este hábito de lado se não quiser chegar aos quarenta a parecer que tem cinquenta. E estes anos extra que vai ganhar vêm com tudo aquilo a que têm direito: pés de galinha profundos, linhas verticais ao redor da boca, flacidez, tom baço e papos nos olhos. E já não os vai conseguir reverter. Para de fumar enquanto vai a tempo.

Fumar faz mal à pele. Mas quão mal faz realmente?

Os seus cremes têm de fazer mais do que proteger

Se aos vinte anos o fundamental é manter a pele protegida, agora os seus cosméticos têm de ser um pouco mais fortes – com foco na prevenção de rugas e hidratação mais potente — o Retinol é o ingrediente certo para procurar. É a altura de começar a usar também um bom creme de olhos que atue nas linhas e nas olheiras, um esfoliante regularmente para eliminar as células mortas e uma máscara nutritiva sempre que sentir a pele mais baça e seca. Esta também poderá ser a altura em que todos aqueles verões ao sol vão começar a reclamar sob forma de manchas, pelo que terá de investir num bom sérum branqueador para minimizar estes danos.

E tem de os adequar ao dia e à noite

Se tinha a mesma rotina de manhã e à noite com um hidratante simpático, não é a única. Mas a partir dos trinta, a pele já está no seu modo pré-pré-pré terceira idade. Fora de brincadeiras, enquanto durante o dia estamos expostos aos raios UV e todos os radicais livres que nos envelhecem, à noite é quando a pele se regenera e trata de tudo o que sofreu durante o dia. Acontece que agora a capacidade da pele se recuperar é cada vez menor precisando, assim, de extras. A sua rotina matinal deve ser com produtos que a protejam dos raios UV e cremes com antioxidantes. À noite deve concentrar-se, então, na regeneração com ingredientes anti-idade.

Sem nunca esquecer que só há uma forma de atacar as rugas

Mesmo que já tenha uma rotina diária certa com um bom creme anti-idade e hidratante, só há uma forma de proteger e minimizar as rugas a partir daqui — protegendo a pele do sol. E isso vai trazer muitos benefícios a longo prazo ou, explicando de forma prática, poderá ser uma daquelas mulheres que parecem 10 anos mais novas.

8 segredos das mulheres que parecem mais novas

E que tem de fazer uma limpeza adequada. Sim, todas as noites

Há cerca de dez anos, Oprah disse no seu programa que o seu grande truque de beleza era lavar o rosto todas as noites e fazia-o desde sempre. Isto foi dito numa altura em que os hábitos de limpeza de pele não estavam assim tão enraizados nas mulheres e havia até poucos produtos para estes efeitos. Mas aos dias de hoje já não há sequer desculpas com a quantidade de produtos que existem no mercado desde loções, cremes, águas micelares, óleos… Mesmo que não use maquilhagem, tem de limpar a pele sempre que chega a casa para retirar os restos de sujidade e poluição. Só estando limpa a pele poderá absorver todos os ingredientes dos séruns e cremes que aplica antes de dormir.