Pelo menos quatro homens armados atacaram o Hotel Intercontinental em Cabul, capital do Afeganistão. De acordo com as autoridades afegãs, citadas pela BBC, as forças especiais daquele país estão a tentar neutralizar os atacantes, que começaram a “disparar contra os hóspedes”. A Reuters dá conta de “várias mortos”, sem especificar o número de vítimas. O ataque terá começado às 21h00 locais (17h30, em Lisboa) e ainda não há registo do número de vítimas.

De acordo com relatos, noticiados pela Reuters e a Aljazeera, alguns hóspedes terão sido feitos reféns e os atacantes serão, aparentemente, bombistas suicidas. O vice-porta-voz do ministério do Interior, Nasrat Rahimi, adiantou à AFP que “sete feridos foram levados para o hospital” e que as autoridades conseguir assegurar a segurança dos hóspedes do primeiro e segundo piso e procuram agora fazer o mesmo nos quarto e quinto piso do hotel.

Na quinta-feira, o Departamento de Estado alertou para a possibilidade da existência de ataques terroristas em hotéis da capital do Afeganistão.

O hotel já tinha sido alvo de um atentado dos talibãs em 2011, num ataque em que morreram 21 pessoas, incluindo os nove atacantes.